Em dia de “folga” no Rio, Netanyahu joga bola e bebe cerveja na praia

Em dia de “folga” no Rio, Netanyahu joga bola e bebe cerveja na praia

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no segundo dia de viagem ao Brasil, resolveu aproveitar o sol do Rio de Janeiro para ir à praia e “turistar”. Como o sábado é o shabat da cultura judaica, ou seja, o dia sagrado e de descanso dos seguidores da religião, ele esteve no Leme, bairro vizinho ao hotel onde está hospedado com a esposa.

O casal decidiu chegar ao mar, molhou os pés e, depois, Netanyahu até ensaiou uns chutes com um grupo que jogava “altinha”, brincadeira popular nas praias do Rio, no qual o objetivo é trocar passes sem deixar a bola cair no chão.

O dia teve ainda caipirinha, cerveja, espetinho e foto com fãs. Apenas uma vez o chefe do Executivo israelense foi abordado por um turista que gritou Free Palestina” (Palestina Livre), devido a guerra entre Israel árabes pela “terra sagrada” localizada no Oriente Médio.

Netanyahu está no país para a posse de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República, que ocorre no dia 1º. Ele foi o primeiro chefe de Estado a confirmar presença na solenidade. No entanto, sua vinda ao evento foi posta em dúvida porque ele enfrenta problemas internos em Israel: o Parlamento do país foi dissolvido nessa quarta-feira (26/12), marcando o início antecipado da campanha de sucessão do premiê.

Inicialmente, as eleições ocorreriam em novembro de 2019, mas agora serão em abril, após o Parlamento do país deixar de apoiar o atual primeiro-ministro. As primárias do partido de Netanyahu, que tentará a reeleição, serão realizadas em fevereiro.

Agenda
Neste domingo (30), o primeiro-ministro israelense concederá entrevistas a jornalistas brasileiros e se encontrará com judeus que vivem no país. Na segunda-feira (31), ele seguirá no Rio de Janeiro, onde se encontrará com formadores de opinião. Apenas no dia 1º de janeiro, chega a Brasília para a cerimônia de posse de Bolsonaro e encontros com demais chefes de Estado. No mesmo dia, deixa o Brasil.

A presença de Netanyahu na posse de Bolsonaro é estratégica. Isso porque o próximo presidente do Brasil já afirmou que levará adiante a ideia de mudar a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém, medida já adotada pelos Estados Unidos. Pelo Twitter, na terça-feira (25), Bolsonaro anunciou que o futuro ministro de Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes, irá a Israel em janeiro a fim de negociar parcerias.

Compartilhe
Previous Damares confirma sofrer ameaças e aciona Polícia Federal
Next Luan anuncia gravação de novo DVD em Salvador durante festival

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

ACM Neto volta cutucar Rui: “A gente promete e cumpre; eles não”

Após entregar nesta terça-feira(05), o Mercado Popular, em Água de Meninos, na cidade baixa, o prefeito ACM Neto cutucou a gestão estadual e destacou  CPI dos Centro de Convenções aprovada

Política

Marina lança site para arrecadar recursos e financiar campanha eleitoral

A Rede Sustentabilidade lançou nesta terça-feira a página “doemarina.com.br”, que arrecadará recursos para financiar a campanha da pré-candidata do partido à Presidência da República, Marina Silva. No site, poderão ser

Notícias

Caixa vai oferecer empréstimo consignado com garantia do FGTS

Trabalhadores da iniciativa privada poderão contar com uma nova opção de crédito até o final do mês. O empréstimo consignado com uso do FGTS como garantia passará a ser oferecido