Em dia de “folga” no Rio, Netanyahu joga bola e bebe cerveja na praia

Em dia de “folga” no Rio, Netanyahu joga bola e bebe cerveja na praia

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no segundo dia de viagem ao Brasil, resolveu aproveitar o sol do Rio de Janeiro para ir à praia e “turistar”. Como o sábado é o shabat da cultura judaica, ou seja, o dia sagrado e de descanso dos seguidores da religião, ele esteve no Leme, bairro vizinho ao hotel onde está hospedado com a esposa.

O casal decidiu chegar ao mar, molhou os pés e, depois, Netanyahu até ensaiou uns chutes com um grupo que jogava “altinha”, brincadeira popular nas praias do Rio, no qual o objetivo é trocar passes sem deixar a bola cair no chão.

O dia teve ainda caipirinha, cerveja, espetinho e foto com fãs. Apenas uma vez o chefe do Executivo israelense foi abordado por um turista que gritou Free Palestina” (Palestina Livre), devido a guerra entre Israel árabes pela “terra sagrada” localizada no Oriente Médio.

Netanyahu está no país para a posse de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República, que ocorre no dia 1º. Ele foi o primeiro chefe de Estado a confirmar presença na solenidade. No entanto, sua vinda ao evento foi posta em dúvida porque ele enfrenta problemas internos em Israel: o Parlamento do país foi dissolvido nessa quarta-feira (26/12), marcando o início antecipado da campanha de sucessão do premiê.

Inicialmente, as eleições ocorreriam em novembro de 2019, mas agora serão em abril, após o Parlamento do país deixar de apoiar o atual primeiro-ministro. As primárias do partido de Netanyahu, que tentará a reeleição, serão realizadas em fevereiro.

Agenda
Neste domingo (30), o primeiro-ministro israelense concederá entrevistas a jornalistas brasileiros e se encontrará com judeus que vivem no país. Na segunda-feira (31), ele seguirá no Rio de Janeiro, onde se encontrará com formadores de opinião. Apenas no dia 1º de janeiro, chega a Brasília para a cerimônia de posse de Bolsonaro e encontros com demais chefes de Estado. No mesmo dia, deixa o Brasil.

A presença de Netanyahu na posse de Bolsonaro é estratégica. Isso porque o próximo presidente do Brasil já afirmou que levará adiante a ideia de mudar a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém, medida já adotada pelos Estados Unidos. Pelo Twitter, na terça-feira (25), Bolsonaro anunciou que o futuro ministro de Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes, irá a Israel em janeiro a fim de negociar parcerias.

Compartilhe
Previous Damares confirma sofrer ameaças e aciona Polícia Federal
Next Luan anuncia gravação de novo DVD em Salvador durante festival

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Deputados divergem e CPI do Centro de Convenções da Bahia é arquivada; assista

Após desentendimentos entre deputados de governo e oposição, na tarde desta terça-feira(18), a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), do Centro de Convenções da Bahia, foi arquivada. O presidente

Política

Sou vítima daquilo que prego, diz Bolsonaro

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, cometeu um ato falho na entrevista à rádio CBN, veiculada na noite desta quinta-feira, 11. Ao fazer um discurso contra os votos

Notícias

Respeita a polícia, rapaz! Veja o recado do Secretário de Segurança para Igor Kannário

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira(14), o Secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Telles Barbosa comentou a passagem do cantor Igor Kannário na segunda-feira(12), no Circuito Osmar (Campo Grande), quando