Bolsonaro reúne-se com secretário de Governo e vai ao QG do Exército

Bolsonaro reúne-se com secretário de Governo e vai ao QG do Exército

Em meio a conversas iniciadas pelo futuro governo com as bancadas parlamentares esta semana em Brasília, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, reservou a manhã ser hoje (5) para conversar com seu futuro secretário de Governo, general Santos Cruz. O encontro, que também teve a presença de assessores, ocorreu na residência da Granja do Torto.

As conversas, que já foram travadas com o MDB e o PRB na terça-feira (4) e as programadas para hoje (5) com o PSDB e o PR, estão sendo acompanhadas pelo coordenador do trabalho de transição Onyx Lorenzoni, que vai assumir a Casa Civil. Onyx e Santos Cruz devem dividir esse trabalho de articulação com o Legislativo.

Bolsonaro segue para o Quartel General do Exército ainda pela manhã onde terá algumas audiências e um almoço. Os detalhes da agenda não foram divulgados, mas a assessoria do presidente eleito disse que Bolsonaro conversará com a imprensa no início da tarde.

Há expectativa de anúncios de dois nomes para o primeiro escalão de seu governo – Meio Ambiente e Direitos Humanos. Jair Bolsonaro também deve definir o destino da Fundação Nacional do Índio (Funai), que pode ser transferida do Ministério da Justiça para a pasta da Agricultura ou da Cidadania.

Compartilhe
Previous Salvador: Blitz de alcoolemia aborda mais de 46 mil condutores em 2018
Next BC alerta que manutenção da Selic e inflação dependem de reformas

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

A pedido do MEC, governo adia horário de verão para 18 de novembro

O horário de verão começará no dia 18 de novembro, depois da realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A data de início estava prevista para 4

Notícias

Fachin retira processo de Lídice da Lava-Jato

O ministro Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), acatou petição encaminhada pela senadora Lídice da Mata e, após manifestação favorável da Procuradoria-Geral da República

Política

Senador quer investigar Previdência

O senador Paulo Paim (PT-RS) reuniu 29 assinaturas para solicitar a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar a situação financeira da Previdência Social. Segundo Paim,