Bolsonaro impõe novo silêncio a general Mourão

Bolsonaro impõe novo silêncio a general Mourão

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), impôs uma “lei do silêncio” ao seu vice, general Hamilton Mourão. A recomendação  é que o militar adote uma postura mais discreta e deixe que o presidente eleito concentre os holofotes, sendo o único porta-voz do futuro governo. As informações são do jornal O Globo.

Além da trava verbal, informa a reportagem, o general da reserva não deverá ter espaço para atuar no governo. “Pelo desenho atual da estrutura, a Vice-Presidência não terá nenhuma secretaria subordinada ou atribuição predefinida. Após a vitória em segundo turno, chegou-se a especular que Mourão teria um papel de ‘gerente’ do governo, coordenando os ministérios. Porém, a recomendação é que o vice só responda às demandas específicas de Bolsonaro, quando for solicitado”, diz o jornal.

Segundo O Globo, o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente eleito, foi o integrante do grupo que teria reagido mal ao vice e sua declarações aos jornalistas. Carlos disse por meio das redes sociais sem citar nomes, que morte de Bolsonaro “não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto. Principalmente após sua posse.” Ao ser questionado pelo jornal se a mensagem havia sido uma indireta, Mourão se irritou e disse que caberia à Carlos esclarecer a sua mensagem.

Compartilhe
Previous Para enfraquecer Renan, senadores querem votação aberta
Next Concentração de renda no Brasil cresceu de 2016 para 2017

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Base aliada pede para PSDB transformar discurso em votos

Após declarações de dirigentes tucanos defendendo a reforma da Previdência, como o atual presidente da sigla, Geraldo Alckmin, e o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, líderes governistas cobraram que

Política

Lava Jato: procuradores recorrem por pena maior a Lula no caso triplex

A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) na Operação Lava Jato recorreu ao juiz federal Sérgio Moro nesta segunda-feira (31/7) por uma pena mais rígida ao ex-presidente Luiz Inácio Lula

Notícias

Acidente de trem deixa ao menos 40 feridos nos Estados Unidos

Pelo menos 40 pessoas ficaram feridas hoje (22) depois que um trem de alta velocidade se chocou com outro que estava estacionado e vazio em uma estação próxima da cidade