Governo Bolsonaro não terá distribuição de cargos a partidos, dispara Lorenzoni

Governo Bolsonaro não terá distribuição de cargos a partidos, dispara Lorenzoni

Neste domingo (2), o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse em entrevista ao portal G1, que, nas conversas que ele e o presidente eleito, Jair Bolsonaro, terão com as bancadas no decorrer da semana, o governo eleito vai mostrar que “está se criando uma nova fórmula de relacionamento”, “sem distribuição de cargos”.

“Nas conversas, juntamente com o presidente, vamos mostrar e apresentar como vai ser daqui para frente – diferentemente do que aconteceu nas últimas três décadas, o toma lá, dá cá. Estamos criando uma nova forma de relacionamento, inventando uma fórmula, que não tem cargos”, disse ele.

O governo do capitão reformado vai receber MDB, PRB, PR e PSDB para começar negociações com partidos. Até então, a prioridade do presidente eleito era negociar com bancadas temáticas no Congresso.

Conforme Onyx, é ele quem vai ser responsável pela articulação política do governo. O futuro ministro da Casa Civil afirmou que esta “nova fórmula” passará pelo atendimento por bancadas e estados, apesar de registrar que vão “respeitar” líderes partidários. “Vamos dialogar com todos”, disse.

Compartilhe
Previous Ex-vereador é assassinado a tiros na porta da casa dos pais em Itanhém, no sul da Bahia
Next Cigano nocauteia australiano e pede revanche contra Alistair Overeem

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política 0 comentários

AGU recorre de liminar que suspende nomeação de Moreira Franco

A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou nesta sexta-feira (10/2), com um recurso no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) para derrubar a decisão do juiz federal Anselmo Gonçalves da

Política

Temer libera mais emenda à base aliada do que Dilma

O presidente Michel Temer liberou mais recursos para emendas parlamentares, em sete meses à frente do Palácio do Planalto, no ano passado, do que a presidente cassada Dilma Rousseff durante

Notícias

Decreto sobre posse de armas fica para segunda ou terça, diz Onyx

Mesmo com a promessa de que seria editado ainda esta semana, o decreto que flexibiliza e amplia as situações nas quais o cidadão pode ter posse de armas vai ficar