Cigano nocauteia australiano e pede revanche contra Alistair Overeem

Cigano nocauteia australiano e pede revanche contra Alistair Overeem

Na madrugada deste domingo (2), o catarinense e baiano de coração, Júnior Cigano foi o destaque brasileiro no UFC Adelaide, realizado, na Austrália. O ex-detentor do cinturão dos pesados nocauteou o australiano Tai Tuivasa, por nocaute, no segundo round, e venceu o combate. O atleta da casa vinha de uma invencibilidade de 10 lugas. Após a vitória, ele cobrou uma revanche contra Alistair Overeem.

“Eu sabia que esse cara era duro, mas ele é muito mais duro que eu imaginava. Ele me acertou um chute muito forte na perna, que me deixou com dificuldades de caminhar. Meu plano é sempre buscar o nocaute, e felizmente hoje eu consegui o meu objetivo. Agora, o que eu quero é uma revanche contra Alistair Overeem”, afirmou o brasileiro.

Overeem venceu Cigano em 2015, por nocaute. O brasileiro visa a retomada do cinturão da categoria. E, para isso, mira vitórias contra antigos algozes, como o próprio Overeem, além de Cain Velásquez, para quem perdeu o cinturão, e Stipe Miocic.

Compartilhe
Previous Governo Bolsonaro não terá distribuição de cargos a partidos, dispara Lorenzoni
Next Promotor Rogério Queiroz é homenageado com Comenda 2 de Julho

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Esportes

Parreira vai chefiar Grupo de Estudos Técnicos da Fifa na Copa

O brasileiro Carlos Alberto Parreira, recordista de participações em Copas do Mundo, comandando seleções de cinco países em seis mundiais, vai chefiar o Grupo de Estudos Técnicos da Federação Internacional de Futebol (Fifa)

Esportes

Neymar assina contrato e é oficializado no PSG

O time de futebol Paris Saint-Germain anunciou nesta quinta-feira (3) a oficialização da transferência de Neymar, que deixa o Barcelona após quatro temporadas e agora assina contrato de cinco anos

Esportes

CBF divulga novas camisas da Seleção inspiradas na Copa de 1970

A CBF revelou nesta quarta-feira (21/3) as novas camisas que a Seleção Brasileira usará na Copa do Mundo de 2018. Por meio de seu site oficial, a entidade trouxe a