Cigano nocauteia australiano e pede revanche contra Alistair Overeem

Cigano nocauteia australiano e pede revanche contra Alistair Overeem

Na madrugada deste domingo (2), o catarinense e baiano de coração, Júnior Cigano foi o destaque brasileiro no UFC Adelaide, realizado, na Austrália. O ex-detentor do cinturão dos pesados nocauteou o australiano Tai Tuivasa, por nocaute, no segundo round, e venceu o combate. O atleta da casa vinha de uma invencibilidade de 10 lugas. Após a vitória, ele cobrou uma revanche contra Alistair Overeem.

“Eu sabia que esse cara era duro, mas ele é muito mais duro que eu imaginava. Ele me acertou um chute muito forte na perna, que me deixou com dificuldades de caminhar. Meu plano é sempre buscar o nocaute, e felizmente hoje eu consegui o meu objetivo. Agora, o que eu quero é uma revanche contra Alistair Overeem”, afirmou o brasileiro.

Overeem venceu Cigano em 2015, por nocaute. O brasileiro visa a retomada do cinturão da categoria. E, para isso, mira vitórias contra antigos algozes, como o próprio Overeem, além de Cain Velásquez, para quem perdeu o cinturão, e Stipe Miocic.

Compartilhe
Previous Governo Bolsonaro não terá distribuição de cargos a partidos, dispara Lorenzoni
Next Promotor Rogério Queiroz é homenageado com Comenda 2 de Julho

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Esportes

Em jogo morno, Brasil vence Japão com ajuda da arbitragem de vídeo

Sem esforço, a seleção brasileira venceu o Japão nessa sexta-feira, em Lille, na França, por 3 a 1, no penúltimo jogo da equipe em 2017. Em um amistoso marcado pelo

Esportes

Novo exame mantém Egito otimista sobre recuperação de Salah

Após a realização de um novo exame, a Federação Egípcia de Futebol mantém a esperança de ter o atacante Mohamed Salah, do Liverpool, recuperado de uma lesão no ombro esquerdo

Esportes

CBF terá que reprovar Renato Gaúcho em curso de treinador

Renato Gaúcho, 56, deverá ser reprovado no curso de treinadores da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e deixará o Grêmio em situação delicada no próximo ano. De férias, ele decidiu