Camelódromo na Calçada terá obras iniciadas neste mês

Camelódromo na Calçada terá obras iniciadas neste mês

Uma infraestrutura para receber o cliente com conforto e para fomentar ainda mais o comércio informal terá obras iniciadas pela Prefeitura em poucos dias: o camelódromo da Calçada. O espaço destinado aos permissionários municipais será erguido pela Prefeitura ao lado do Bradesco, na Rua Barão de Cotegipe.

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Marcus Passos, o contrato já foi assinado com a empresa que executará os serviços, e a previsão é que as intervenções tenham início na segunda quinzena de novembro. A estimativa é que as obras no local durem três meses.

Serão investidos na estrutura, que facilitará a atuação dos camelôs, aproximadamente R$210 mil. As obras contemplarão a montagem de estrutura metálica e cobertura com telhado isotérmico – material de alta resistência e que evita aparecimento de vazamentos; instalação elétrica com luminárias; desobstrução da rede de esgoto e caixas de drenagem; assentamento de meio-fio e, ainda, a instalação do piso intertravado.

“Trata-se de um espaço que é utilizado há muitos anos para a venda de roupas e acessórios, de forma desordenada, e que foi incluída pela Semop dentro das ações de reordenamento dos espaços públicos. O objetivo é organizar a área e melhorar o aspecto da região, que é caracterizada por um comércio popular forte, dando mais conforto para os comerciantes informais e frequentadores”, pontuou Passos.

Demais mercados – Além do Camelódromo da Calçada, a Prefeitura tem investido, desde 2013, na construção ou requalificação de demais espaços de comércio popular de rua, como mercados e feiras. Um dos equipamentos que passam por intervenção é o Mercado Municipal de Cajazeiras, que está em obras e, ainda este ano, deverá ser entregue com dois novos serviços: a Prefeitura-Bairro Cajazeiras e o Espaço Boca de Brasa.

Depois de anos de reivindicação, o Jardim Cruzeiro ganhará um mercado também este ano, que está sendo erguido na tradicional feirinha do bairro. Com área de 1,1 mil m² e investimento de R$2,5 milhões, a estrutura vai abrigar 25 boxes e 68 barracas para comercialização de produtos diversos, como frutos do mar, carne, cereais, plantas, flores e hortifruti.

Em reforma, o Mercado Municipal de Periperi vai ganhar mais 10 boxes na parte dos fundos para realocar os vendedores de mariscos e peixes que hoje fiam na parte central do mercado. Além disso, haverá a troca da estrutura metálica e recuperação das calhas do telhado e do piso. O investimento é de cerca de R$252,2 mil.

A lista de construções e requalificações também inclui outros nove espaços. São eles: as ruas transversais da Avenida Sete; os novos mercados municipais de Itapuã, da Liberdade, de Água de Meninos e das Flores e do Dois de Julho – estes dois últimos no Centro; a Feira de Castelo Branco e os camelódromos de Cosme de Farias e da Baixa dos Sapateiros.

Compartilhe
Previous Informações sigilosas da Lava Jato podem ser utilizadas por Moro para pressionar parlamentares, prevê Otto
Next Filho de Bolsonaro defende mudanças no Enem porque 'continua petista'

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Luiza Maia: ‘Nova maldade de Temer é atacar as universidades públicas brasileiras’

No plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira (12), a deputada Luiza Maia (PT) denunciou mais um golpe em curso, protagonizado pelo governo de Temer: o ataque orquestrado às

Notícias

Suíca defende tombamento da feira do Nordeste de Amaralina

“As feiras livres são culturas que estão interligadas com a vida e a história de um povo. O poder público deve consolidar esses locais que, historicamente falando, já fazem parte

Política

Maia convoca suplente do deputado Celso Jacob, preso na Papuda

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), convocou nesta quarta-feira (2) o suplente do deputado Celso Jacob (MDB-RJ), preso desde junho do ano passado no Complexo Penitenciário da