Maduro e Trump parabenizam Bolsonaro por eleição

Maduro e Trump parabenizam Bolsonaro por eleição

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, parabenizou neste domingo, 28, o presidente eleito Jair Bolsonaro pela vitória no segundo turno das eleições. Segundo o presidente do PSL, Gustavo Bebianno, o presidente americano, Donald Trump, telefonou para Bolsonaro, parabenizando-o pela vitória.

“O povo e o governo venezuelano ratificam seu compromisso em continuar trabalhando de mãos dadas com o povo-irmão brasileiro por um mundo mais justo e multipolar”, diz a nota, difundida pelo chanceler venezuelano Jorge Arreaza em sua conta no Twitter.

Em seu pronunciamento após a vitória eleitoral, Bolsonaro prometeu “libertar o Brasil e o Itamaraty das relações internacionais com viés ideológico a que foram submetidos nos últimos anos”.

O embaixador Ruy Pereira foi expulso da Venezuela no fim do ano passado. Em meados deste ano, o governo anunciou que iria enviá-lo de volta, mas segundo Itamaraty, a embaixada ainda não tem um embaixador ativo.

As relações entre os dois países, próximas nos governos do PT, se distanciaram na gestão de Michel Temer. Durante a campanha, essa proximidade foi explorada pela campanha de Bolsonaro.

Compartilhe
Previous Guedes: o foco do programa econômico será o controle de gastos
Next Pelo Twitter, Haddad deseja sucesso ao presidente eleito Bolsonaro

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Produção de combustível pode ser destino para excesso de milho, diz Embrapa

Produzir etanol de milho pode ser um destino viavél para a o excedente do grão produzido pelo Brasil, segundo o chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Milho

Notícias

STF vai decidir na mesma sessão suspeição de Janot e validade de provas da JBS

O Supremo Tribunal Federal (STF) irá julgar na próxima quarta-feira, 13, o pedido de suspeição contra o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentado pela defesa do presidente Michel Temer, que

Notícias

STF confirma para dia 17 julgamento de denúncia contra Aécio Neves

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu manter para a próxima terça-feira (17/4) o julgamento sobre o recebimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra