Bruno Reis recebe homenagem em evento pelos 60 anos da Organização de Auxílio Fraterno

Bruno Reis recebe homenagem em evento pelos 60 anos da Organização de Auxílio Fraterno

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, ressaltou a importância do trabalho social desenvolvido pela Organização de Auxílio Fraterno (OAF), ao representar a gestão municipal no evento que comemorou os 60 anos de fundação da entidade. Após a missa em Ação de Graças, celebrada pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, o vice-prefeito foi homenageado com a Medalha Dalva Mattos, no auditório senador Antonio Carlos Magalhães, na sede da OAF, no bairro da Lapinha. A honraria foi concedida a autoridades municipais e personalidades que contribuíram com o desenvolvimento institucional e cultural da OAF.

A entidade, segundo Bruno Reis, é importante parceira da Prefeitura de Salvador na realização de projetos sociais. “A OAF faz um trabalho belíssimo, acolhendo crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade em nossa cidade. Hoje, quando completa 60 anos, nós temos que render homenagens a toda sua equipe, mas, em especial, ao presidente Jozias, porque, se não fosse por ele, com toda a dedicação e empenho, talvez essa organização social estivesse com as portas fechadas”, afirmou.

O diretor-presidente da OAF, Jozias Sousa da Silva, ressaltou que o vice-prefeito foi o responsável por “abrir as portas da prefeitura à instituição”. Ele lembrou que Bruno Reis foi quem o apresentou ao prefeito ACM Neto. “Graças a esse apoio, exatamente no aniversário desta casa, em outubro de 2015, assinamos a parceria com o município, através do chamamento público feito pela Secretaria de Combate à Pobreza. Assim, ampliamos o serviço de acolhimento, saindo de um número de 40 para 80 institucionalizados”, frisou.

OAF – Fundada em 1958, pela professora e advogada Dalva Mattos, a OAF completa 60 anos nesta sexta-feira (12). O marco do começo do trabalho social de Dalva foi a criação da Escola Nossa Senhora de Nazaré, em um terreno na Rua do Queimado, na Lapinha. A entidade se dedicou inicialmente a abrigar mães solteiras, passando depois a acolher crianças – muitas delas filhas das pessoas atendidas pelo projeto.

Compartilhe
Previous BNDES eleva financiamento a projetos de saneamento básico
Next Salvamar alerta para cuidados com crianças nas praias durante feriado

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Projeto de Augusto Castro proíbe apreensão de veículos com atraso no IPVA e outras taxas por ser inconstitucional

O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) protocolou na tarde desta quarta-feira, 04, um Projeto de Lei, que deverá seguir em pouco dias para apreciação em plenário, na Assembleia Legislativa da

Notícias

FBI investiga genro de Trump por vínculo com a Rússia

O FBI, a polícia federal americana, direcionou seu foco para Jared Kushner, genro e assessor do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em sua investigação pelos supostos elos entre a

Notícias

No Senado, juízes divergem sobre retirada de direitos pela reforma trabalhista

O debate em torno do texto da reforma trabalhista aprovado pela Câmara dos Deputados continua dividindo opiniões no Senado, onde está em discussão.  Em sessão temática no plenário da Casa