PT tira cor vermelha de campanha de Haddad

PT tira cor vermelha de campanha de Haddad

A nova logomarca da campanha de Fernando Haddad à Presidência da República abandona o vermelho, cor tradicional dos petistas, e traz as cores da bandeira do Brasil: verde, amarelo e azul, que nos últimos anos foram apropriadas pelos grupos críticos ao partido. Em vez do vermelho, a nova logo será aplicada em bandeiras brancas e azuis.

A mudança faz parte da nova linha da campanha que investirá na ideia de “unir o Brasil” com forças democráticas em torno do nome do petista.

É a primeira vez que o PT abandona o vermelho em suas campanha, em um claro desejo de se desvencilhar do antipetismo, que foi prejudicial a Haddad no primeiro turno. Nesta quarta-feira (10/10) a logo foi lançada acompanhada da hashtag #AgoraÉHaddad.

O comitê eleitoral de Fernando Haddad também reduziu a aparição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Elogios e críticas
O lançamento da logo nas redes sociais dividiu opiniões. Houve quem gostou da mudança e a encarou como uma forma de resistir à apropriação das cores nacionais pelos antipetistas, mas também houve quem criticou a novidade.

“Não podemos mesmo deixar a direita se apropriar de um símbolo nacional! Boa Haddad e amei o nome da Manu maior!”, comentou uma internauta.

“Bom esse novo logotipo, mostra que todo o Brasil está unido contra o ódio e pela democracia”, elegiou outro seguidor da página.

“Arregão!!”, bradou um internauta que segue o petista nas redes socais, insatisfeito com o abandono do vermelho.

Compartilhe
Previous Bolsonaro vai propor 13º a beneficiários do Bolsa Família
Next Paulo Guedes diz que investigação contra ele é para confundir eleitor

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Dodge faz novo pedido de cautelares contra Lúcio e mãe de Geddel

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta sexta-feira (2/3) ao ministro Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin a reconsideração da decisão que rejeitou a aplicação de medidas cautelares contra

Política

Em carta à nação, MDB diz que país não quer direita ou esquerda, mas ir em frente

Às vésperas da convenção que vai oficializar a candidatura de Henrique Meirelles, o MDB vai lançar uma “Carta Aberta à Nação”. De acordo com a Folha de S. Paulo, o

Notícias

“Rui e Wagner são irmãos siameses”, aponta Azi sobre escândalo da Arena Fonte Nova

“As declarações da Polícia Federal são muito incisivas. Dizem até que tem provas sobre corrupção, caixa 2, lavagem de dinheiro. Na verdade, Rui Costa e Wagner são irmãos siameses”, apontou