Hackers norte-coreanos tentaram roubar US$ 1,1 bi e já atacaram Brasil

Hackers norte-coreanos tentaram roubar US$ 1,1 bi e já atacaram Brasil

Alvo de sanções internacionais que afetam sua economia, a Coreia do Norte encontrou uma nova forma para financiar a ditadura que controla o país: roubar dinheiro de organizações estrangeiras através de ataques online. São informações do jornal Folha de S.Paulo.

A ação é feita por um grupo de hackers ligado ao governo do ditador Kim Jong-un, que já tentou roubar US$ 1,1 bilhão (R$ 4,3 bilhões) de outros países, entre eles o Brasil. É a maior quantia ligada a um grupo específico na história.

As informações sobre a existência e a atuação do grupo foram reveladas nesta quarta-feira (3/10) pela FireEye, empresa de cibersegurança que costuma trabalhar em conjunto com o governo americano.

Entre os alvos já confirmados estão o Banco Central de Bangladesh e os bancos Far Eastern International (de Taiwan), o mexicano Bancomext (México) e, mais recentemente, o Banco de Chile.

Por questão de confidencialidade, a empresa não informou quais organizações brasileiras foram alvejadas, mas revelou que os ataques foram de pequena escala. Além dos bancos e do setor financeiro, indústrias e empresas de mídia foram atacadas.

Embora já existisse a desconfiança de que Pyongyang mantinha hackers com o objetivo de roubar dinheiro para dar fôlego ao regime, é a primeira vez que a um grupo do tipo é confirmada.

Cunho político
Até o momento, apenas ataques online de cunho político, como o realizado contra a Sony em 2014 antes do lançamento do filme “A entrevista”, que satirizava Kim Jong-un, tinham sido atribuídos ao governo norte-coreano.

O relatório mostra que o grupo existe ao menos desde 2014, um ano após o Conselho de Segurança da ONU impor novas sanções contra o regime, e que sua atuação não diminuiu em 2018 apesar da aproximação entre Pyongyang e Washington, que culminou na cúpula entre Kim e o presidente americano, Donald Trump, em junho em Singapura.

“Uma das razões pelas quais estamos revelando isso é que o grupo continua agindo normalmente apesar das cúpulas”, afirmou Sandra Joyce, vice-presidente de inteligência global da FireEye.

Compartilhe
Previous Melhores momentos do debate da Globo com os candidatos a presidente
Next Bahia permanece fora do horário de verão

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Alckmin diz que combaterá invasões de terra

O candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou ontem que, se eleito, será implacável com as invasões de terra no Brasil. Ele também disse ser favorável ao porte

Notícias

Lula perde dois pedidos de habeas corpus na Justiça Federal

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sofreu nesta quarta-feira (5/7) mais duas derrotas na Justiça Federal. A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4)

Economia

Cheque especial terá linha de crédito com juros menores

Bancos vão oferecer uma porta de saída ao cheque especial para clientes que usarem 15% do limite da conta por 30 dias e a adesão a essa nova operação mais