Dois morrem e um é preso após PM descobrir fábrica de armas em São Gonçalo dos Campos

Dois morrem e um é preso após PM descobrir fábrica de armas em São Gonçalo dos Campos

Dois homens apontados como integrantes de grupo que montava e vendia submetralhadoras morreram em troca de tiros com policiais na tarde de ontem (30), em São Gonçalo dos Campos, Região Metropolitana de Feira de Santana.

Policiais militares faziam abordagens na Praça da Matriz, quando flagraram um motociclista com uma submetralhadora em uma sacola. Durante depoimento incial, o homem contou que comprou o armamento em um imóvel em São Gonçalo.

Os policiais então foram até o local indicado e foram recebidos a tiros por três homens que estavam no imóvel. Dois deles foram atingidos e não resistiram aos ferimentos, enquanto um terceiro conseguiu fugir.

Com eles, os policiais encontraram mais uma submetralhadora, uma espingarda calibre 12, diversos carregadores e peças utilizadas para fabricação de submetralhadoras.

A polícia ainda segue em procura do suspeito que fugiu, identificado pelo prenome Osmar.

Compartilhe
Previous Camaçari: Assinatura de Ordem de Serviço acontece nesta segunda
Next Eleitores têm até quinta-feira para acompanhar horário eleitoral

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Mundo

Inundações na Índia mataram mais de 320 pessoas nos últimos nove dias

Equipes de salvamento utilizam helicópteros e barcos nesta sexta-feira (17/8) para resgatar milhares de pessoas presas em telhados após uma inundação sem precedentes no Estado de Kerala, sul da Índia,

Notícias

Temer nomeia Carlos Bastide Horbach juiz substituto do TSE

O presidente Michel Temer nomeou Carlos Bastide Horbach para compor o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no cargo de juiz substituto, em vaga decorrente do término do segundo mandato de Tarcísio

Notícias

Haddad diz que, caso seja eleito, não dará indulto a Lula

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), afirmou nesta terça-feira, 18, que não vai dar indulto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso