TSE veda conteúdo impulsionado por apoiador de candidato na internet

TSE veda conteúdo impulsionado por apoiador de candidato na internet

Pela primeira vez, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aplicou nesta quinta-feira(13) a regra segundo a qual apoiadores não podem pagar por propaganda para candidatos na internet, em especial na forma de impulsionamento de conteúdo.

A norma, que consta da resolução sobre propaganda eleitoral, foi aplicada em um caso em que um empresário pagou para impulsionar no Facebook um conteúdo favorável a Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República.

“A lei estabelece que pessoa física não pode fazer por motivo simples, seria impossível analisar na prestação de contas, geraria problemas”, afirmou o relator, ministro Luís Felipe Salomão. Ele determinou multa de R$ 10 mil por dia em caso de reincidência.

Todos os demais ministros do TSE o acompanharam.

Salomão decidiu não sancionar o Facebook, pois a empresa retirou do ar o conteúdo assim que foi solicitada. O ministro também entendeu não haver provas de que Bolsonaro tinha conhecimento do ato, motivo pelo qual eximiu o candidato de responsabilidade.

Compartilhe
Previous Judiciário não pode fechar os olhos à violência, diz Toffoli
Next STJ nega salvo-conduto a Anthony Garotinho, condenado em 2ª instância

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Tamanho da operação da Polícia Federal MPE, MPF é questionada pelo líder do governo na ALBA; assista

“Muitas vezes quando excede a fase da investigação acaba que você sentencia mais na investigação do que propriamente na sentença’. A declaração foi do deputado estadual Zé Neto(PT), líder do

Notícias

Temer reúne Moreira, Padilha e Imbassahy no Jaburu

O presidente Michel Temer está reunido neste domingo com os ministros peemedebistas Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência)e Eliseu Padilha (Casa Civil), e o tucano Antônio Imbassahy (secretário de Governo), o

Notícias

ACM Neto inaugura espaço lúdico para crianças vítimas de violência na Liberdade

Como parte da reestruturação das políticas sociais implantadas nos últimos cinco anos na cidade, o prefeito ACM Neto inaugurou, na manhã desta quarta-feira (4), a primeira sala destinada à ludicidade