Mulheres são acusadas de furtar mais de 40 celulares em festa na orla de Porto Seguro

Mulheres são acusadas de furtar mais de 40 celulares em festa na orla de Porto Seguro

Duas mulheres, acusadas de furtar 43 celulares durante uma festa na barraca de praia Toa Toa, na orla norte de Porto Seguro, foram presas na sexta-feira (7). Segundo policiais do 8° Batalhão da Polícia Militar, elas foram localizadas em um hotel, depois de denúncia de uma das vítimas, uma turista de 33 anos, de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Por meio do sistema de rastreamento de um dos aparelhos, os policiais chegaram a Jandileia Conceição Falcão dos Santos, 30 anos e Beatriz da Fonseca de Jesus, 24 anos.

De acordo com a Polícia Militar, as duas são especialistas na prática de furtos em grandes eventos. O alvo são jovens que se excedem no uso de bebidas alcoólicas. Com elas, além dos celulares, a polícia encontrou R$ 580,00 em espécie e roupas novas, sem nota fiscal, furtadas em barracas instaladas no Centro Histórico, onde acontece festa em homenagem à Nossa Senhora da Pena. Na delegacia de polícia, outras vítimas identificaram seus aparelhos e prestaram queixa. A polícia acredita que Jandileia e Beatriz, que são moradoras de Ilhéus, façam parte de uma quadrilha. Outros suspeitos estão sendo procurados.

Compartilhe
Previous Comércio informal no Centro Histórico passa por capacitação e reordenamento
Next Beto Richa é preso em Curitiba em mais uma fase da Lava Jato

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Garoto que usava drogas desde os 6 anos é assassinado em Feira

Um adolescente de apenas 13 anos de idade foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (4) na Rua Salmo 39, no conjunto Fraternidade, em Feira de Santana. A vítima

Notícias

Nos EUA, Bolsonaro se compara a Trump e fala em resolver ‘questão na Venezuela’

O presidente Jair Bolsonaro comentou que há dois anos já “sofria ataques” das “fake news” e de “grande parte da mídia, que estava contra nós nas eleições.” Ele traçou um

Política

Senado retoma votação para Presidência; acompanhe ao vivo

Depois da sessão tumultuada de ontem, que precisou ser adiada para este sábado (02/02), os senadores retornaram ao Plenário do Senado Federal a fim de concluir a eleição da nova