Casa Branca contatou parentes de Bolsonaro após atentado

A porta-voz da Casa Branca, Sara Sanders, divulgou nesta segunda-feira (10/9) que integrantes do governo norte-americano contataram familiares do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, após ele ser vítima de um atentado na última quinta-feira (6/9), durante agenda eleitoral em Juiz de Fora (MG). A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, Sanders não deu mais detalhes, mas comentou o ataque ao líder das intenções de voto à Presidência da República do Brasil durante o brieffing diário com a imprensa. “Eu não tenho conhecimento se o presidente [Donald Trump] o tenha feito [entrado em contato com familiares do candidato brasileiro], mas creio que membros da administração entraram em contato”, afirmou a porta-voz, que prometeu levantar mais informações.

Bolsonaro, que já demonstrou simpatia com o republicano norte-americano, permanece internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Seu quadro de saúde ainda é considerado grave, porém, estável. A Polícia Federal segue investigando o crime. Nesta segunda-feira, os filhos do presidenciável estiveram em Brasília e alertaram o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, sobre a necessidade de a corporação reforçar a segurança dos familiares do candidato.

Compartilhe