Casa Branca contatou parentes de Bolsonaro após atentado

Casa Branca contatou parentes de Bolsonaro após atentado

A porta-voz da Casa Branca, Sara Sanders, divulgou nesta segunda-feira (10/9) que integrantes do governo norte-americano contataram familiares do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, após ele ser vítima de um atentado na última quinta-feira (6/9), durante agenda eleitoral em Juiz de Fora (MG). A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, Sanders não deu mais detalhes, mas comentou o ataque ao líder das intenções de voto à Presidência da República do Brasil durante o brieffing diário com a imprensa. “Eu não tenho conhecimento se o presidente [Donald Trump] o tenha feito [entrado em contato com familiares do candidato brasileiro], mas creio que membros da administração entraram em contato”, afirmou a porta-voz, que prometeu levantar mais informações.

Bolsonaro, que já demonstrou simpatia com o republicano norte-americano, permanece internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Seu quadro de saúde ainda é considerado grave, porém, estável. A Polícia Federal segue investigando o crime. Nesta segunda-feira, os filhos do presidenciável estiveram em Brasília e alertaram o diretor-geral da PF, Rogério Galloro, sobre a necessidade de a corporação reforçar a segurança dos familiares do candidato.

Compartilhe
Previous Palocci diz que Lula agiu “diretamente” por propinas envolvendo caças
Next Eletrobras vai abrir um novo plano de demissão em outubro, diz presidente

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Economia

Governo encaminha ao Congresso projeto de lei que altera metas fiscais

O governo federal encaminhou nesta quinta-feira (17/8) ao Congresso Nacional o texto do Projeto de Lei que altera as metas fiscais de 2017 e 2018 para um déficit de R$

Notícias

Lava Jato: TCU vê desvios até 70% maiores na Petrobras

A análise de provas da Operação Lava Jato tem feito o Tribunal de Contas da União (TCU) rever a apuração de prejuízos em obras da Petrobras. A Corte refez os

Política

Leo Prates fala sobre pronunciamento de Kannário no Campo Grande

“O vereador Igor Kannário pediu desculpas pela ofensa à Câmara Municipal, mas qualquer representante da Casa está livre para acionar a Corregedoria, se entender que ele faltou com o devido