Eunício diz que vai tentar votar MP do diesel nesta quarta-feira

Eunício diz que vai tentar votar MP do diesel nesta quarta-feira

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse nesta terça-feira (4/5) que “vai trabalhar” para votar nesta quarta-feira (5/9) a Medida Provisória (MP) 838, que garante o subsídio para o preço do diesel. A medida foi editada pelo governo durante a greve dos caminhoneiros, no fim de maio, como um dos pontos do acordo para o fim da paralisação do setor de transporte de cargas.

Eunício avisou que, por se tratar de um esforço concentrado, a matéria não vai precisar cumprir o rito tradicional de tramitação e deve ser puxada para votação em plenário já nesta quarta. “Nós temos uma condição de esforço concentrado. Então, como estamos nessa condição, vou quebrar o interregno de prazo porque não vamos estar aqui no dia a dia. Se (a MP do óleo diesel) for votada na Câmara, vamos votar aqui”, afirmou, antes de ser informado que o texto já foi aprovado pelos deputados. “Vou trabalhar para votar amanhã então”, acrescentou.

A MP 838 subsidia em R$ 0,30 o preço do diesel, a um custo de R$ 9,5 bilhões ao Tesouro Nacional até o fim deste ano. Havia uma preocupação do governo sobre o prazo para a votação da MP, que precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado até o dia 10 de outubro. Caso contrário, a medida perderá a validade.

Subsidiárias ficam para depois
Eunício também descartou a possibilidade de o Senado aprovar ainda em setembro o PLC 77/2018, que destrava o processo de privatização das distribuidoras da Eletrobras. “Não é hora de votar questão de distribuidoras, é complicado votar com o quórum baixo”, disse Eunício.

Com isso, a matéria só deverá ser votada em plenário no dia 9 de outubro, após o primeiro turno das eleições, segundo informou o vice-líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Isso porque, segundo Eunício, os trabalhos no Senado vão voltar ao normal a partir de 8 de outubro.

O presidente do Senado disse, inclusive, que já marcou uma sessão do Congresso para o dia 10 de outubro, quando pretende colocar em votação o veto do reajuste dos profissionais dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias. “Combinei com os agentes comunitários para votar (o veto) no dia 10 de outubro”, encerrou.

Compartilhe
Previous Garotinho é condenado em segunda instância e pode ficar inelegível
Next Nova tabela de fretes é publicada no Diário Oficial da União

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Programa Salvador 360 vai trazer vida social e cultural ao comércio do Centro Histórico, diz Roma; assista

Em conversa com o Classe Política, o chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, João Roma falou sobre o quarto eixo do programa Salvador 360, lançado nesta segunda-feira(21), no Fera

Política

Padilha volta ao cargo de ministro na mira da Operação Lava-Jato

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, retornou nesta segunda-feira ao cargo depois de uma licença de quase um mês para a retirada da próstata. O retorno de Padilha acontece

Notícias

PF já teria plano para a prisão de Lula, diz revista

A Polícia Federal (PF) já está se preparando para cumprir uma ordem de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A afirmação é da Revista Veja desta