TSE mantém horários locais para votação nas eleições deste ano

TSE mantém horários locais para votação nas eleições deste ano

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na última quinta-feira(9), por unanimidade, manter os horários de votação inalterados para a votação deste ano, obedecendo aos fusos horários locais, sempre das 8h às 17h em todas as unidades da Federação.

Uma sugestão de alteração havia sido apresentada pelo ministro Gilmar Mendes, que propôs o término da votação unificado pelo horário de Brasília, de modo a uniformizar a apuração.

Para que os resultados fossem apurados no mesmo momento, porém, seria necessária uma antecipação do início da votação em estados como o Acre, cujo fuso horário é ao menos duas horas atrasado em relação ao horário de Brasília.

“Parece que qualquer das soluções possíveis revela aspectos positivos e negativos”, disse a ministra Rosa Weber, que será presidente do TSE durante as eleições. Ela elogiou a iniciativa de Gilmar Mendes, mas votou por manter os horários atuais. Segundo a ministra, “inúmeras dificuldades implicariam o início das eleições, devido ao fuso horário, ainda pela madrugada”.

O atual presidente do TSE, ministro Luiz Fux, disse ter recebido diversas reivindicações de presidentes de tribunais regionais eleitorais (TREs) para que fossem mantidos os horários. Ele lembrou haver “estados bem carentes que teriam que começar a distribuir o material às 3 horas da manhã”.

Compartilhe
Previous Usuários do Facebook ligam Marina a número de Bolsonaro para angariar votos para deputado
Next Três anos depois de lei, 70% das domésticas estão na informalidade

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Câmara aprova projeto que permite negociar cessão onerosa do pré-sal

O plenário da Câmara concluiu, nesta quarta-feira (20/7), a votação do projeto de lei que permite à Petrobras transferir ou negociar até 70% dos campos da cessão onerosa do pré-sal

Notícias

Rodrigo Maia nega que reforma da Previdência ficará para 2º semestre

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou nesta terça-feira (6/6), que a votação da reforma da Previdência vá ficar apenas para o segundo semestre. Questionado por jornalistas

Mundo

Coreia do Norte acusa EUA de tentar “arruinar” diálogo com Seul

A Coreia do Norte acusou neste domingo (6/5) os Estados Unidos de levarem adiante uma “perigosa tentativa” de arruinar a aproximação entre Kim Jong-un e o presidente da Coreia do