Justiça determina que Sindseps encerre greve

Justiça determina que Sindseps encerre greve

O desembargador Maurício Kertzman Szporer, da Seção Cível de Direito Público do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), determinou hoje (10) que o Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) suspenda a greve e que os trabalhadores paralisados retornem imediatamente ao trabalho. A decisão, em caráter liminar, atendeu a um pedido da Prefeitura de forma integral. Em caso de descumprimento da decisão, o Sindseps terá que arcar com uma multa diária no valor de R$100 mil.

O magistrado entendeu que as paralisações no serviço público devem ser um último recurso, a fim de que não sejam violados outros direitos fundamentais, em especial os de caráter essencial da população, como no caso da saúde, e nem provoquem o desatendimento de necessidades inadiáveis da comunidade. Esse também é o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), destacou o desembargador.

Na decisão, Maurício Kertzman Szporer determinou que o sindicato se abstenha de praticar quaisquer atos que impossibilitem, paralisem ou interrompam todo e qualquer serviço público municipa, sob pena de multa diária também de R$100 mil.

Compartilhe
Previous Segundo Sol: Rosa descobre quem é o pai de seu filho
Next Lava Jato denuncia Palocci e Mantega por lavagem de dinheiro

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Municípios

Feira de Santana: Vigilante é executado a tiros quando trabalhava em condomínio

O Jean de Oliveira Costa, de 21 anos, foi executado com vários tiros quando trabalhava na portaria do Condomínio Solar das Laranjeiras, localizado na Rua Barbosa, bairro Mangabeira, em Feira

Política

ACM Neto denuncia retirada de PMs da Prefeitura pelo governo do Estado

Um dia após o prefeito ACM Neto cobrar providências ao governo do Estado para o problema da segurança pública na Bahia, sobretudo na capital baiana, 20 dos 35 policiais militares

Notícias

Estacionado nas pesquisas, Alckmin se diz otimista: “Vamos chegar lá”

O tucano Geraldo Alckmin foi o candidato à Presidência da República a sentar à bancada do Jornal de Globo, na noite dessa terça-feira (18/9), como o segundo convidado da série