Governo Trump suspende as normas ambientais impostas aos automóveis

Governo Trump suspende as normas ambientais impostas aos automóveis

As agências americanas de Proteção Ambiental (EPA) e de Segurança Rodoviária (NHTSA) anunciaram nesta quinta-feira a suspensão das normas ambientais obrigatórias que o governo de Barack Obama havia imposto à indústria automotiva.

Os dois órgãos reguladores propuseram, em seu lugar, novas regras menos rígidas, que poderão intensificar o confronto entre o governo de Trump e o estado da Califórnia em relação aos “carros verdes”.

As normas suspensas previam aumentos graduais da autonomia dos veículos até alcançar um objetivo de 100 km para cada 4,32 litros de gasolina até 2025.

Estes padrões “já não são apropriados”, disse a EPA em um comunicado. “Estamos cumprindo a promessa do presidente Trump aos americanos de dar uma solução sobre o tema da economia de combustível e os padrões de emissão de dióxido de carbono (CO2)”, afirmou Andrew Wheeler, o chefe da agência ambiental.

“Nossa proposta busca atingir um equilíbrio regulatório baseado na informação mais recente e implementar uma solução para os 50 estados que permita que mais americanos comprem um veículo menos poluente, seguro, novo e mais barato”, acrescentou.

As duas agências federais dizem que as normas do governo de Obama contribuíram para aumentar o preço médio dos automóveis, agora de 35.000 dólares, ou seja, 2.340 dólares a mais, o que leva os consumidores a não trocarem de carro.

Isto faz com que se privem de contar com novos automóveis equipados com as últimas tecnologias que os tornam mais seguros.

Consequentemente, afirmam as autoridades reguladoras, a suspensão desses padrões permitirá aos americanos economizar milhares de dólares e reduzir o número de mortes nas estradas.

As novas normas, que ainda devem ser ajustadas e modificadas, entrarão em vigor neste inverno boreal, detalharam.

“A Califórnia lutará contra esta (decisão) estúpida com todos os meios a sua disposição”, reagiu imediatamente no Twitter Jerry Brown, o governador deste importante estado do oeste dos Estados Unidos.

Em troca, os lobbies automotivos como Auto Alliance e Global Automakers elogiaram a decisão, que salvará postos de trabalho, asseguram.

Compartilhe
Previous Gay rejeitado pelos pais ganha R$ 430 mil de anônimos para estudar
Next Prefeitura adia mudança de ponto de ônibus na Avenida ACM em função de obras do BRT

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Mundo

Atriz pornô confirmou relação sexual com Trump, diz revista americana

A estrela pornô Stephanie Clifford, que teria recebido US$ 130 mil de um advogado de Donald Trump para se manter em silêncio, confirmou que teve uma relação de quase um

Economia

Cheque especial perdeu mais de 1 milhão de clientes em janeiro

Em janeiro, 1,07 milhão de clientes migrou do cheque especial rotativo para o empréstimo parcelado, a juros mais baixos, segundo a Federação Brasileira de Banco (Febraban). O volume de clientes

Notícias

Rui Costa anuncia edital do Hospital Metropolitano

O Governo do Estado publicou na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (19) o edital para construção do Hospital Metropolitano, que será construído no município de Lauro de Freitas, ao