MP recomenda que prefeito de Cruz das Almas anule nomeação de servidores por conta de nepotismo

MP recomenda que prefeito de Cruz das Almas anule nomeação de servidores por conta de nepotismo

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Adriano Marques, recomendou, nesta quarta–feira 11), que o prefeito de Cruz das Almas, Orlando Peixoto Pereira Filho, anule, no prazo de 15 dias, a nomeação de todos os ocupantes de cargos políticos não eletivos, cargos em comissão e funções de confiança ou contratados temporariamente em desacordo com a súmula vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal, que combate o nepotismo, ou que violem os princípios da administração pública, configurando nepotismo cruzado.

De acordo com o promotor, a recomendação foi expedida com base em informações que dão conta da existência de pessoas nessa situação integrando os quadros da municipalidade. O promotor de Justiça recomendou ainda que, a partir do recebimento da recomendação, não sejam nomeados novos servidores enquadrados na mesma situação, bem como que a Prefeitura passe a exigir que os nomeados assinem declaração de que não se enquadram nas vedações da súmula. Adriano Marques orienta o prefeito no sentido de que encaminhe, no prazo de 30 dias, projeto de lei à Câmara de Vereadores estabelecendo expressamente a proibição de nomeações semelhantes, bem como a obrigatoriedade da declaração dos nomeados. O PL deve proibir ainda a contratação por dispensa de licitação e a prestação de serviços por pessoas físicas ou pessoas jurídicas na qual haja integrante que esteja dentro das situações enunciadas na súmula vinculante 13.

Nepotismo e nepotismo cruzado

A súmula vinculante 13, do STF, enquadra na situação de nepotismo a nomeação de pessoas que sejam cônjuges, companheiros ou parentes por linha direta, colateral ou afinidade, até terceiro grau, da autoridade nomeante ou de outro servidor da mesma pessoa jurídica. O nepotismo cruzado é caracterizado quando a pessoa nomeada possui relação familiar com autoridades ou servidores de outra pessoa jurídica que tenham sido designados em reciprocidade a outras nomeações ou por força de troca de favores de qualquer natureza.

Compartilhe
Previous Câmara aprova tabela do frete e anistia multas na paralisação dos caminhoneiros
Next Produção industrial baiana registra recuo de 15%, terceiro maior do país

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Bahia espera receber 5,6 milhões de turistas no verão

A estação mais movimentada do ano já está chegando. No próximo dia 21, começa, oficialmente, o verão, e, junto com ele, chega também um maior fluxo de turistas estrangeiros e

Notícias

Caixa já pagou mais de R$ 41,8 bilhões das contas inativas do FGTS

A Caixa Econômica Federal pagou mais de R$ 41,8 bilhões a 24,8 milhões de trabalhadores com direito ao saque das contas inativas do FGTS . O valor pago, até o

Economia

Receita recebeu mais de 3 milhões de declarações do IR em duas semanas

Em duas semanas de entrega, mais de 3 milhões de contribuintes acertaram as contas com o Fisco. Até as 17h de hoje (15), a Receita Federal recebeu 3.231.490 declarações do