Conselho de Ética arquiva cassação de mandato de João Rodrigues

Conselho de Ética arquiva cassação de mandato de João Rodrigues

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados decidiu nesta quarta-feira (11/7) arquivar o processo de cassação de mandato contra o deputado federal João Rodrigues (PSD). O relator do caso, deputado Ronaldo Lessa (PDT-AL) defendeu a improcedência da denúncia feita por parlamentares da Rede e, por votação unânime, 12 votos favoráveis, a ação foi arquivada.

O deputado João Rodrigues foi condenado a 5 anos e 3 meses de reclusão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). A acusação é de fraude e dispensa irregular de licitação para a compra de uma retroescavadeira, em 1999, quando Rodrigues era vice-prefeito de Pinhalzinho (SC) e assumiu a prefeitura interinamente por 30 dias.

O prefeito da época, Darci Fiorini, assumiu ao Conselho de Ética toda a responsabilidade pelos atos, admitiu apenas erros formais e garantiu que todos os procedimentos tinham aval jurídico. Fiorini sequer foi ouvido no processo judicial e nenhuma outra pessoa foi condenada no caso da retroescavadeira de Pinhalzinho. João Rodrigues se disse vítima de “injustiça sem precedentes” e pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o imediato julgamento definitivo de sua condenação.

Atualmente, após quatro meses cumprindo pena em regime fechado, mesmo que sua condenação tenha sido por regime semiaberto, o João Rodrigues frequenta a Câmara dos Deputados e exerce as atividades parlamentares. Isso ocorre porque, em junho, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, autorizou o deputado a trabalhar durante o dia.

Compartilhe
Previous Possível neutralidade do PSB prejudica Ciro Gomes
Next Comissão aprova proposta que congela salários de servidores

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Rui Costa entrega requalificação da Ladeira de Santana e visita obras nas ruas do bairro de Nazaré

O governador Rui Costa entregou, na manhã desta terça-feira (19), as obras de requalificação da Ladeira de Santana, no bairro de Nazaré, em Salvador, com novas calçadas e pavimento recuperado,

Política

Governo vai buscar “caminho jurídico” para garantir posse de Cristiane Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse nesta segunda-feira (22) que o governo vai buscar um “caminho jurídico” para garantir a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como

Notícias

Justiça bloqueia bens de deputados do PP; tem baiano na lista

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ampliou para R$ 1,8 bilhão o bloqueio de bens do Partido Progressista (PP) e de seis filiados à legenda. A decisão foi