TCU julga hoje leniência da Odebrecht

TCU julga hoje leniência da Odebrecht

O Tribunal de Contas da União (TCU) julga nesta quarta-feira, 11, o pedido da equipe técnica que busca suspender o acordo de leniência assinado dois dias atrás entre o Grupo Odebrecht, a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União. Após o incômodo inicial por conta de o acordo ter sido assinado sem passar pela análise prévia no tribunal e pelo ofício contundente escrito pela CGU e pela AGU, o clima amenizou no tribunal e há uma corrente contrária à medida cautelar para suspender o acordo

Ontem, a ministra da AGU, Grace Mendonça, foi ao TCU, reuniu-se com ministros, argumentou que o espaço de atuação da Corte de contas de buscar o ressarcimento dos prejuízos ao erário está preservado e se comprometeu a enviar ainda ao fim do dia os termos do acordo de leniência, o que foi visto como um aceno de diálogo. Uma das alegações da secretaria que analisa o caso no TCU é de que o órgão tem sonegado informações.

O gesto da AGU foi bem recebido entre ministros, apesar de, na segunda-feira, um ofício enviado pela própria Grace e o ministro da CGU Wagner Rosário ter criticado a atuação do TCU. No ofício, revelado pelo Estado, os dois ministros expuseram “preocupações com as reiteradas condutas da área técnica, devidamente autorizadas pelos ministros relatores em procedimentos específicos, que configuram nítido descompasso com as bases que integram o instituto do acordo de leniência pátrio”.

Um ministro que estará na sessão disse que o TCU fica em situação incômoda diante do pedido, porque é preciso muita consistência para barrar um acordo de R$ 2,7 bilhões.

Compartilhe
Previous Lauro de Freitas: Nova sede da USF Cidade Nova amplia atendimento à saúde em Itinga
Next Temer sanciona lei que cria o Ministério da Segurança Pública

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Temer reafirma no programa do Ratinho que, sem reforma, Previdência vai quebrar

O presidente Michel Temer voltou a afirmar nessa segunda-feira (30), no programa do Ratinho, que sem a reforma, a Previdência vai quebrar. Ele respondeu a perguntas do apresentador e a

Política

Lídice cobra apoio de senadores para a Região Nordeste

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que, juntamente com Otto Alencar (PSD) e Roberto Muniz, articulou a realização de um encontro entre governadores do Nordeste e o presidente do Senado,

Notícias

Funaro e Geddel frente a frente em audiência na Justiça Federal do DF

Identificado como operador financeiro do PMDB em esquema de recebimento de recursos ilícitos por empresários e pagamento a políticos, Lúcio Funaro prestou depoimento por pouco mais de uma hora nesta