Prefeitura assina primeiro contrato com Banco Mundial na história de Salvador

Prefeitura assina primeiro contrato com Banco Mundial na história de Salvador

O prefeito ACM Neto assinou nesta quarta-feira (11), na sede do Banco Mundial (Bird), em Brasília, contrato de financiamento de US$ 125 milhões, equivalente a R$ 484 milhões em valores atuais, para aplicação nas áreas de saúde, educação e assistência social. Esses recursos correspondem à primeira etapa do programa negociado com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, no total de US$ 250 milhões.

Este é o primeiro contrato assinado com o Banco Mundial na história de Salvador e o terceiro empréstimo externo já firmado. Anteriormente, foram pactuadas as operações de crédito com o Prodetur e o Novo Mané Dendê, ambos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O projeto foi aprovado graças à saúde financeira do município, conquistada e mantida desde 2013. Foi possível, também, em função da credibilidade de que goza o município e pelo trabalho técnico realizado na construção do projeto.

“A Prefeitura trabalhou muito para garantir mais um financiamento externo para beneficiar os mais pobres, a prioridade de nossa administração desde o primeiro dia”, afirmou o prefeito. De acordo com o prefeito, com o contrato serão ampliados e qualificados os serviços das áreas mais essenciais: saúde, educação e promoção social. “Estabelecemos uma série de metas que serão cumpridas nos próximos dois anos e meio para que a Prefeitura tenha acesso a esses recursos que serão absolutamente essenciais para dar velocidade a essas três áreas que são as mais importantes para a vida da cidade”, destacou ACM Neto.

A Casa Civil da Prefeitura será responsável pela gestão do Projeto Salvador Social e também pela execução do componente assistência técnica, ficando a cargo das secretarias setoriais – Saúde (SMS), Educação (SMED) e Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS) – a realização das ações e cumprimento das metas estabelecidas no contrato em suas respectivas áreas. “Fizemos os ajustes necessários no começo da primeira gestão e, agora, estamos colhendo os frutos de uma administração que transformou a vida dos mais pobres”, disse o secretário Luiz Carreira (Casa Civil).

O Salvador Social é uma iniciativa da gestão municipal para aprimorar a prestação dos serviços sociais, com ênfase em melhorias da eficiência no sistema de saúde, na qualidade da educação e na efetividade da assistência social.

À Secretaria de Saúde caberá ampliar o acesso aos serviços de saúde em todos os níveis da atenção, com foco na eficiência e racionalidade do funcionamento da rede, por meio de ações como a construção de unidades básicas de saúde e de Multicentros; melhorar a qualidade dos serviços, com incorporação de pesquisas regulares de satisfação dos usuários do sistema, capacitar e requalificar profissionais de saúde em serviço, implantar protocolos clínicos e de acesso para organização do fluxo assistencial, dar sustentabilidade aos novos investimentos e programas, com implantação de sistema de custos, de gestão por resultados e de governança da rede municipal.

A Secretaria de Educação irá garantir o acesso à educação infantil de qualidade, fortalecer as políticas de melhoria do ensino, implantar modelo de gestão para resultados, com ações de fortalecimento da prática de ensino e melhoria do sistema de avaliação e aprendizagem; bem como promover o fortalecimento da capacidade institucional da área, dentre outras ações.

Caberá à Semps melhorar sua estrutura organizacional para assegurar sustentabilidade da oferta de benefícios e serviços, estruturar e adequar a rede de proteção social básica (CRAS e conveniadas) e dos postos de atendimento do Cadastro Único. Isso além de melhorar a gestão do Cadastro Único para assegurar a identificação da população pobre, tornando-o base para a formulação de políticas sociais. A iniciativa garantirá benefícios às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social e usuários do Sistema Único da Assistência Social (SUAS).

Compartilhe
Previous Em três anos Governo da Bahia deixa de aplicar R$256,9 milhões em recursos federais
Next Reajuste para agentes comunitários de saúde é aprovado no Senado

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Cármen Lúcia pede relatório sobre condições de presídio após rebelião

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, determinou nesta terça-feira (2/1) que o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) envie

Política

Líder do MDB na Câmara elogia Meirelles e cogita ministro como candidato

O líder do MDB na Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (SP), disse nesta quinta-feira, 1º, que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, poderá ser o candidato do partido na eleição

Cotidiano

Homem mata namorada com furadeira por causa de mensagens do Whatsapp

Um homem identificado como Jeidson Santos de Morais, de 27 anos, foi preso após matar sua namorada, Vanderléia Carvalho de Macedo, de 27 anos, residente na rua 22, Bairro João