Senadores autorizam readmissão de empresas no Supersimples

Senadores autorizam readmissão de empresas no Supersimples

O plenário do Senado aprovou hoje (10), por unanimidade, o projeto que permite a readmissão de microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte excluídos do Supersimples em 1º de janeiro por dívidas tributárias em atraso. A matéria vai à sanção presidencial.

De acordo com o relator da proposta, senador José Pimentel (PT-CE), em janeiro deste ano, a Receita Federal excluiu 470.916 empresas do Simples, por dívida com a Receita Federal. Atualmente, 215.321 empresas que aderiram ao Refis tiveram a dívida parcelada, mas não podem voltar ao Simples. A resolução editada pelo governo estabeleceu que essas empresas só podem retornar em janeiro de 2019.

“O que é que isso implica? Essas 215 mil empresas que fizeram o Refis terão que pagar, todo mês, a parcela do Refis mais os impostos daquele mês. E são pequenas empresas, empresas simples, de todas as regiões do Brasil, que terminarão ficando inadimplentes”, argumentou Pimentel.

O senador afirmou que o retorno delas não terá impacto aos cofres públicos neste ano. “Esse projeto de lei não tem nenhum impacto orçamentário. No Orçamento de 2018, quando o aprovamos em 2017, já havia a previsão do Simples para essas empresas. A sua exclusão, volto a dizer, aconteceu em janeiro de 2018”, disse.

Para retornar ao Simples Nacional, os interessados deverão aderir ao Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pert-SN), que autoriza o refinanciamento das dívidas fiscais (Refis). A reinclusão deverá ser pedida, de forma extraordinária, no prazo de 30 dias contados da data de adesão ao Refis, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2018.

O Supersimples é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às microempresas e empresas de pequeno porte.

Compartilhe
Previous Câmara aprova MP que altera Política Nacional de Irrigação
Next Câmara aprova isenção de energia para famílias de baixa renda

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Câmara aprova proposta que regulamenta vaquejadas

A Câmara Dos deputados aprovou hoje (10) em 1º turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/17 que considera as vaquejadas como praticas não cruéis. A proposta altera a

Política

Ao vivo: CCJ da Câmara abre reunião para apreciar denúncia contra Temer

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados abriu na manhã de hoje (10) reunião para analisar a denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu

Notícias

Geraldo Alckmin nega que campanha esteja esvaziada

O candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) negou que haja um esvaziamento de sua campanha. Na véspera do primeiro turno das eleições, ele reafirmou que busca a vice-liderança nos