IBGE estima redução de 5,3% na safra de grãos deste ano

IBGE estima redução de 5,3% na safra de grãos deste ano

A safra de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar 2018 com uma redução de 5,3% na comparação com a produção do ano passado. Segundo estimativa de junho do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), devem ser produzidos 227,9 milhões de toneladas de grãos no país este ano, 0,1% ou 230 mil toneladas abaixo do estimado em maio.

Das três principais lavouras de grãos do país, apenas a soja deverá ter alta em relação a 2017, de 1,2%. As outras duas devem sofrer queda, de acordo com o IBGE: arroz, 7,2%, e milho, 15,9%.

Assim como a soja, os demais cereais, leguminosas e oleaginosas pesquisados deverão ter alta na produção deste ano: caroço de algodão (23%), amendoim 1a safra (2%), amendoim 2a safra (14%), feijão 1a safra (3,1%), feijão 2a safra (3,2%), feijão 3a safra (1,8%), mamona (108,1%), aveia (23,7%), centeio (11,4%), cevada (49,2%), girassol (39,8%), trigo (33,6%) e triticale (9,6%).

Outros produtos

O levantamento também estima a produção de outras lavouras importantes do país, como a cana-de-açúcar, que de deverá ter alta de 0,5% em relação a 2017; o café, com crescimento previsto de 23,8% no período, e o tomate, com alta estimada de 3,5%.

Há produtos relevantes para a agricultura nacional que deverão ter queda, assim como o arroz e o milho, no entanto. É o caso da batata-inglesa (-11%), banana (-5%), laranja (-8,4%) e uva (-17,5%).

Compartilhe
Previous Prazo para confirmar informações do ProUni termina hoje
Next Gilmar absolve ex-secretário de fundação acusado de dispensa ilegal de licitação

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Rui autoriza obras na BA-210 e anuncia construção de Unidade de Oncologia no norte do estado

Para reforçar as áreas de infraestrutura, saúde e da agricultura familiar em Sento Sé, no norte do estado, o governador Rui Costa autorizou, na manhã neste sábado (16), no município,

Política

Em vídeo de campanha, Lula chama Moro de ‘turma de preto’ ASSISTA

Novo vídeo da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva trata o juiz federal Sérgio Moro como “a turma de preto” e sugere que o Judiciário e o Ministério

Mundo

Venezuela corta cinco zeros das notas de dinheiro e lança pacote

Com uma inflação estimada em 1.000.000% neste ano pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, lança hoje (20) um pacote de medidas que inclui o chamado