Celular do prefeito de Barra do Rocha é clonado e Whatsapp é usado para pedir transferência de dinheiro

Celular do prefeito de Barra do Rocha é clonado e Whatsapp é usado para pedir transferência de dinheiro

O prefeito de Barra do Rocha, Luís Sérgio (PSB), popular professor Léo, teve seu telefone clonado. O crime foi descoberto nesta quarta-feira (04/07), conforme informações da ASCOM da prefeitura. A clonagem foi percebida após veiculação de mensagens solicitando contato do tesoureiro municipal (Amado Costa) e depósito bancário por meio do aplicativo WhatsApp. O golpe foi identificado imediatamente, devido estranheza da solicitação. Na conversa, o golpista pede ao contato que seja transferido dinheiro e chega a mandar dados bancários. O gestor municipal informou que foi registrado boletim de ocorrência na Polícia Civil e o problema encaminhado à operadora de telefonia.

Através da rede social Facebook, o prefeito professor Léo informou aos amigos sobre o ocorrido. “Amigas e amigos, boa noite. Tive meu número de celular e Whatsaap clonados. Favor desconsiderem qualquer tipo de mensagem ou solicitação enviada”, destacou. Esse tipo de golpe tem ocorrido com frequência nos últimos dias, onde na maioria das vezes, empresários e prefeitos têm sido o principal alvo desse tipo de quadrilha.

Compartilhe
Previous Pré-candidato do PT gaúcho é vaiado ao defender Lula
Next Locutor de eventos é assassinado em Ibicuí

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias 0 comentários

Venezuela pede que Trump anule decreto que considera o país uma ameaça

A Venezuela pediu ao novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que anule o decreto assinado por seu antecessor, Barack Obama, que considera o país sul-americano uma ameaça à sua

Notícias

ASSISTA – Cristiane Brasil se defende de processos em vídeo ao lado de saradões

Em meio à batalha judicial para garantir sua posse no Ministério do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) gravou um vídeo em que aparece ao lado de quatro homens

Política

Ministro diz que Temer pediu esforço para ‘vencer o pessimismo’

Após lançar campanha publicitária que admite o desgaste de seu governo e que suas ações vão demorar a ter efeitos perceptíveis pelos cidadãos, o presidente Michel Temer pediu nesta terça-feira,