Marun: privatização da Eletrobras e cessão onerosa são prioridades

Marun: privatização da Eletrobras e cessão onerosa são prioridades

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta quinta-feira (14/6) que a pauta prioritária do Planalto no Legislativo antes do recesso parlamentar tem dois focos: a aprovação dos projetos de desestatização das distribuidoras da Eletrobras e da cessão onerosa.

“A cessão onerosa e a desestatização são as pautas que o governo gostaria e pretende contribuir para que sejam aprovadas, antes do recesso. É sim possível a aprovação nas duas Casas desses dois temas”, disse Marun. “É absoluta a necessidade de que isso (desestatização) aconteça, tanto para que as empresas possam cumprir sua missão de bem atender a população quanto em função da situação financeira das mesmas nos dias de hoje.”

O Planalto prometeu trabalhar pela aprovação dos projetos na Câmara e no Senado, logo após o Congresso apreciar a medida provisória que criou o Ministério da Segurança Pública.

O presidente Michel Temer se reuniu no fim da manhã com os líderes do governo na Câmara e no Senado. Além de Marun, participaram Esteves Colnago, ministro do Planejamento, o senador Romero Jucá (MDB-RR), líder do governo no Senado, o deputado André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso, e o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder do governo na Câmara

Frete
Sem dar prazo, o ministro afirmou também que o governo vai se manifestar na ação judicial que questiona a fixação de uma tabela mínima de preços para o frete, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux.

“Os compromissos que o governo assumiu com o setor, especialmente dos caminhoneiros autônomos, durante as negociações que resultaram no fim do movimento, estão sendo e serão todos cumpridos. Inclusive a defesa judicial da tabela de fretes”, declarou a jornalistas após a reunião no Planalto.

Compartilhe
Previous STF proíbe conduções coercitivas de acusados para interrogatório
Next Em nota, Palácio reafirma que Temer não incentivou pagamentos a Cunha

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios anuncia fim da greve

Trabalhadores dos Correios decidiram pelo fim da greve na tarde desta terça-feira, 13, após decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinar que empregados pagarão parte do plano de saúde

Política

Aécio e irmã são acusados de receber propinas que chegam a R$ 70 mi

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi citado em mais uma delação premiada da Odebrecht. Dessa vez, um dos ex-executivos da empreiteira Benedicto Junior, que era presidente de infraestrutura da empresa, acusa

Notícias

Vereador promete distribuir soco-inglês para mulheres

Um vereador de Itu (SP) trabalha em um projeto inusitado para oferecer às mulheres uma forma diferente de defesa pessoal: o soco-inglês. A intenção, segundo Reginaldo Carlota (PTB), é fazer