Irmãos que sofriam de depressão são encontrados mortos dentro de pousada em Ipiaú

Irmãos que sofriam de depressão são encontrados mortos dentro de pousada em Ipiaú

Um duplo homicídio vitimou dois irmãos nesta terça-feira (12), em uma pousada, na cidade de Ipiaú, no Médio Rio de Contas. A polícia apura o caso. Uma das linhas de investigação é que os dois, um homem e uma mulher, possam ter se suicidado. Os corpos foram encontrados, por volta das 13h, por um funcionário do estabelecimento, que suspeitou da falta de movimentação dos hóspedes, segundo informações da Polícia Civil. A pousada fica entre a Praça do Cinquentenário e a Rua Tomé de Souza. Conforme a polícia, os irmãos sofriam de depressão. Eles foram identificados como professor de inglês Charles Alves de Figueiredo, de 42 anos, e Taíze Alves de Figueiredo, de 37. Familiares disseram à polícia que ambos faziam tratamento psicológico e psiquiátrico. Conforme a polícia, não foi constatado sinais de arrombamento no quarto onde eles estavam e nem marcas de violência nos corpos. Os corpos de Charles e Taíze foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié.

Compartilhe
Previous STF restringe foro e envia inquérito contra ministro para 1ª instância
Next Indiana decide boicotar campeonato de xadrez no Irã pela obrigação do uso do véu

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Maia diz que não vai ‘perder tempo’ com pedidos para incluir nome de Lula ou Moro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira, que não vai perder tempo analisando pedidos de mudança de nome no painel de votações do plenário da Casa feito

Economia

Mercado financeiro prevê menor crescimento do PIB e inflação maior

O mercado financeiro continua reduzindo a projeção para o crescimento da economia e aumentando a estimativa de inflação. De acordo com o Boletim Focus, publicação divulgada na internet todas as

Notícias

Caixa concedeu crédito a estados com garantias proibidas por lei

A Caixa concedeu empréstimos a estados e municípios recebendo receitas tributárias como garantia, o que é proibido pela Constituição. Foi a descoberta dessas operações que levou o Conselho de Administração