Lauro de Freitas alcança meta de vacinação contra H1N1

Lauro de Freitas alcança meta de vacinação contra H1N1

A meta de cobertura vacinal contra a Gripe H1N1 foi alcançada pelo município de Lauro de Freitas, com mais de 91% das pessoas do público alvo imunizadas, o que corresponde a 39.265 aplicações. A campanha foi iniciada no dia 23 de abril e encerrada em 11 de junho. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 90% do público alvo.

Foram imunizadas 8.305 (65,59%) crianças de seis meses e menores de 5 anos, 1.595 (67,79%) gestantes; 12.039 (98,37%) idosos, 443 (114,47%) puérperas, 4.884 (133,70%) profissionais de saúde, 3.024 (158,24%) professores, e 13 indígenas. Receberam vacina ainda os grupos de comorbidades (8.278), população privada de liberdade (260), e funcionários do sistema prisional (424).

A Secretaria Municipal de Saúde (SESA) adotou uma nova organização para que a meta fosse alcançada, com programação de vacinação para os acamados que estavam dentro do público alvo, e a realização de dois dias “D”, que aconteceram em 12.05 Nacional e 26.05 Municipal, o que possibilitou atingir o objetivo da campanha.

Do total disponibilizado pelo Estado, parte vai ser utilizada na 2ª dose das crianças de 6 meses a 2 anos (1.998) que foram imunizadas durante a campanha.

Compartilhe
Previous Moro abre mão de processo da Lava Jato alegando estar “sobrecarregado”
Next Ministro do STJ nega pedido de Lula para suspender execução da pena

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Vídeo. Casal tenta tirar selfie e bebê morre ao cair de escada rolante

Um bebê de apenas dez meses morreu ao cair dos braços da mãe enquanto ela tirava uma selfie com o marido, em um shopping. O caso ocorreu na cidade de

Notícias

Assinatura de contratos beneficia 440 famílias que irão ganhar casa própria

A penúltima etapa antes da entrega das chaves para as 440 famílias que irão morar no conjunto residencial Recanto do Luar, na Estrada do Matadouro, em Cajazeiras, foi concluída no

Notícias

Moro intima Vaccarezza por ‘Lista Vaquinha1’

O juiz federal Sérgio Moro mandou nesta segunda-feira, 30, intimar Cândido Vaccarezza (Avante-SP), após o ex-deputado criar uma lista no WhatsApp para arrecadar valores para sua campanha. Investigado e preso