Feira de Santana já tem 20 mortes violentas em 12 dias do mês de junho

Feira de Santana já tem 20 mortes violentas em 12 dias do mês de junho

A Polícia Civil já contabiliza 20 mortes violentas nestes 12 primeiros dias do mês de junho em Feira de Santana. Desde o dia 1º, foram registrados na cidade 19 homicídios e um latrocínio (roubo seguido de morte).
Apenas na tarde e noite desta segunda-feira (11), três pessoas foram assassinadas a tiros, em um intervalo de sete horas.
O primeiro crime de ontem aconteceu na Rua Corunha, bairro Mangabeira. Lavinha Souza do Carmo, de 20 anos, e a irmã dela, Damares Souza do Carmo, 19, discutiram com um homem, que disparou vários tiros contra as vítimas e fugiu em uma bicicleta. Atingida na barriga e no peito, Lavinha morreu no local do crime. Já Damares foi levada para o Hospital Geral Clériston Andrade pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas está fora de risco.
Já por volta das 19h30, o mecânico Renato Carvalho Rodrigues, de 23 anos, morreu depois de ser atingido por vários tiros na cabeça e nas costas na Rua Pindoretama, bairro Papagaio.
Já às 21h30, Patrícia Santos e Santos, de 28 anos, foi executado com tiros na cabeça e nas costas no bairro Rua Nova. A vítima, que era conhecida como “Patricinha”, morreu depois dos primeiros atendimentos na Policlínica do bairro Rua Nova.
Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investigam o motivo e a autoria dos crimes.
Compartilhe
Previous Ministros do TST concedem aumentos para funcionários de quatro estatais
Next Acusado de estuprar e matar adolescente a facadas é preso na Chapada Diamantina

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Comissão do Senado rejeita reforma trabalhista

O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sobre a reforma trabalhista acaba de ser rejeitado pela Comissão de Assuntos Sociais  (CAS) por 10 votos contrários a nove. A reforma trabalhista

Política

Maia reafirma que prazo final para votar a reforma da Previdência é dia 20 de fevereiro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, mantém o discurso de que quer iniciar o debate sobre a reforma da Previdência em 20 de fevereiro, mas já reconhece que o tema

Notícias

Rui Costa volta criticar Sergio Moro; assista

Assim como na última segunda-feira(08), afirmou que “Há um excesso de politização e partidarização da justiça brasileira”,(assista ) O governador da Bahia, Rui Costa, sem citar nomes, voltou criticar o