Japão dará curso contra assédio sexual a funcionários de alto escalão

Japão dará curso contra assédio sexual a funcionários de alto escalão

O governo japonês quer sensibilizar seus funcionários de alto escalão sobre o problema do assédio sexual, oferecendo-lhes cursos sobre os comportamentos reprováveis, após um recente escândalo no Ministério das Finanças.

“Estamos preparando a instauração desse programa”, declarou nesta quinta-feira à AFP um funcionário do gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe.

A iniciativa pode ser aprovada a partir da próxima semana durante uma reunião presidida por Abe, que abordará “as condições de criação de uma sociedade onde brilhem todas as mulheres”, informou o jornal “Mainichi”.

Ainda não se sabe o número de funcionários que participarão dessa “formação”, mas, segundo vários jornais, a medida pode ser obrigatória para aqueles que forem candidatos a uma progressão.

O vice-ministro administrativo do Ministério das Finanças, Junichi Fukuda, viu-se obrigado a renunciar, após as acusações de assédio sexual por parte de uma jornalista de televisão. Recebeu, porém, o apoio de seu ex-chefe, o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Taro Aso.

Esta semana, outro funcionário de alto escalão encarregado das relações com a Rússia no Ministério das Relações Exteriores, foi suspenso nove meses por atos relacionados, segundo a imprensa japonesa, com um caso de assédio sexual.

O chefe da diplomacia, Taro Kono, negou-se a esclarecer os motivos da sanção, por respeito pela vida privada “da vítima”.

Compartilhe
Previous Bacelar cobra dados oficiais sobre idosos LGBTI
Next Troca de alimentos por ingressos do Camaforró começa nesta quinta

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Impeachment de Gilmar Mendes tem apoio de quase um milhão em petição virtual

Uma petição virtual pedindo o impeachment o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, já tem quase um milhão de assinaturas em apoio à medida. A justificativa para o impedimento

Notícias

Governo confirma alta de imposto sobre combustível e corta R$ 5,9 bi

Antes de embarcar para Mendoza, na Argentina, onde vai participar de reuniões do Mercosul, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou nesta quinta-feira (20/7) que o governo vai aumentar as

Política

Deputado debocha de projeto de lei e descobre que ele é o autor;assista

O deputado estadual de Minas Gerais, Felipe Attiê (PTB-MG) foi protagonista de uma cena constrangedora na última sexta-feira (17/11). Durante uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do estado