Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em um guarda-volumes

Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em um guarda-volumes

Uma japonesa que deu à luz em um café de Tóquio matou seu bebê e escondeu o corpo em um guarda-volumes, informou a polícia. O corpo em decomposição do recém-nascido, que foi estrangulado, foi achado pela polícia em um guarda-volume em função do mau cheiro.

A mãe, Mao Togawa, de 25 anos, foi localizada graças às câmeras de segurança, que a filmaram várias vezes colocando moedas no guarda-volumes para que continuasse fechado. A mulher explicou que matou o bebê, uma menina, porque chorava muito e colocou o corpo em uma mala para deixá-lo no guarda-volumes.

Compartilhe
Previous Moreira Franco: mudança na Petrobras não altera política de preços
Next Lava Jato busca sequestro de R$ 70 milhões de Palocci

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

STF recebe decisão da Câmara que rejeitou denúncia contra Temer

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu hoje (4) a decisão da Câmara dos Deputados de não autorizar a Corte a analisar a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o

Notícias

Fortalecido, Alckmin vira opção para presidir PSDB

Em meio à guerra fratricida no PSDB pelo comando do partido, as correntes internas convergem na defesa do governador Geraldo Alckmin como candidato à Presidência da República em 2018. O

Política

VÍDEO. Falcatrua? “Empresa que teria comprado a Cesta do Povo por R$15 milhões tem capital Social de 500 reais” revela João Gualberto

Durante evento no Hotel Fiesta, no Itaigara, em Salvador, na manhã desta sexta-feira(25), o deputado federal João Gualberto(PSDB), durante seu discurso que anunciou a retirada da pré-candidatura ao governo do