Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em um guarda-volumes

Japonesa mata seu bebê e esconde o corpo em um guarda-volumes

Uma japonesa que deu à luz em um café de Tóquio matou seu bebê e escondeu o corpo em um guarda-volumes, informou a polícia. O corpo em decomposição do recém-nascido, que foi estrangulado, foi achado pela polícia em um guarda-volume em função do mau cheiro.

A mãe, Mao Togawa, de 25 anos, foi localizada graças às câmeras de segurança, que a filmaram várias vezes colocando moedas no guarda-volumes para que continuasse fechado. A mulher explicou que matou o bebê, uma menina, porque chorava muito e colocou o corpo em uma mala para deixá-lo no guarda-volumes.

Compartilhe
Previous Moreira Franco: mudança na Petrobras não altera política de preços
Next Lava Jato busca sequestro de R$ 70 milhões de Palocci

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Caixa vai permitir apostas em loterias pela web; valor mínimo será R$ 30

A Caixa Econômica Federal lançou na sexta-feira (10) um site onde será possível apostar nas loterias administradas pelo banco. A expectativa é de que o portal represente 3% do total

Política

Temer não vai renunciar porque não há motivo, diz Jucá

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), fez o seu primeiro pronunciamento no plenário após a crise envolvendo o presidente Michel Temer. Ele reforçou que Temer não irá

Política

Adesivos e panfletos de pré-candidatos são apreendidos em ato de defesa de Lula

Um grupo uniformizado com coletes de identificação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) apreendeu material de divulgação de políticos durante ato de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso