PF cumpre mandados na Câmara e no Ministério do Trabalho contra fraude

PF cumpre mandados na Câmara e no Ministério do Trabalho contra fraude

Equipes da Polícia Federal estão nas ruas de Brasília, nesta quarta-feira (30/5), cumprindo mandados de prisão, busca e apreensão na Operação Registro Espúrio. O objetivo é desarticular organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais no Ministério do Trabalho.

Há busca e apreensão em três gabinetes da Câmara dos Deputados e no Ministério do Trabalho. Entre os alvos estão os deputados Paulinho da Força (SD), Jovair Arantes (PTB) e Wilson Filho (PTB).

Após cerca de um ano, as investigações revelaram um amplo esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do MTE, com suspeita de envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares.

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

Cerca de 320 policiais federais estão cumprindo 64 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e 15 de temporária, além de outras medidas cautelares.

Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e estão sendo cumpridos no Distrito Federal, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais.

Aguarde mais informações

Compartilhe
Previous Filho de José Alencar se coloca à disposição do PR par ser candidato
Next Miguel Cordeiro expõe “Primavera Burlesque” em Salvador

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

São Francisco do Conde abre seleção de Reda

A Prefeitura de São Francisco do Conde, por meio das secretarias municipais da Saúde – SESAU e de Gestão Administrativa – SEGAD, abre Processo Seletivo Simplificado para contratação de profissionais

Política

Rui lança Concha Negra: “reafirma a identidade cultural da Bahia”

Palco maior da cultura da Bahia, a Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA) passa a ser a casa também de toda a riqueza dos blocos afro a partir de

Notícias

Morreu humorista Agildo Ribeiro, aos 86 anos

O humorista Agildo Ribeiro morreu, aos 86 anos, no Rio de Janeiro, neste sábado. Nascido em 26 de abril de 1932, o ator foi um dos comediantes de maior sucesso