Comissão do Senado aprova empréstimos de US$192,5 milhões para Salvador

Comissão do Senado aprova empréstimos de US$192,5 milhões para Salvador

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou dois pedidos de contratação de operação de crédito externo para o município de Salvador. Os financiamentos totalizam US$192,5 milhões para os projetos Salvador Social, com o Banco Mundial (BIRD), e Novo Mané Dendê, com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os pedidos seguiram em regime de urgência para a votação no plenário do Senado.

“A aprovação desses dois projetos de financiamento é a melhor comprovação do êxito obtido pela gestão do prefeito ACM Neto ao longo desses cinco anos na condução e manutenção do equilíbrio fiscal do município”, afirmou Luiz Carreira, secretário chefe da Casa Civil da prefeitura.

Para o projeto Salvador Social foi aprovado o empréstimo de US$125 milhões com o Bird, que serão aplicados em melhorias na eficiência do sistema de Saúde, na qualidade da Educação e na Proteção Social. Em quatro anos, o projeto irá promover um salto de qualidade destes serviços públicos para três milhões de pessoas de baixa renda que vivem na área metropolitana de Salvador.

O Salvador Social prevê um conjunto de iniciativas e metas agrupadas e integradas para Saúde, Educação e a Assistência Social, áreas temáticas do Planejamento Estratégico Municipal. Está também alinhado com o Plano Plurianual para 2018-2021, que busca a melhoria da qualidade dos serviços sociais, especialmente para a primeira infância e ensino fundamental, no uso dos serviços de saúde básicos e na maior cobertura dos programas de assistência social.

Para o projeto Novo Mané Dendê, foi aprovado com o BID empréstimo de U$ 67,5 milhões, o maior investimento público da história do município de Salvador na área do Subúrbio Ferroviário. Serão beneficiados 80 mil moradores dos bairros de Santa Terezinha, Plataforma- Ilha Amarela, Itacaranha e Rio Sena, com obras de infraestrutura, drenagem, saneamento e habitação, que visam a sustentabilidade social, econômica, urbana e ambiental da região. O projeto é a primeira etapa do Programa de Saneamento Ambiental e Urbanização do Subúrbio de Salvador, e consiste na aplicação de melhorias ao longo do curso principal do Rio Mané Dendê.

A bacia do Rio Mané Dendê atravessa quatro bairros do Subúrbio e deságua na cachoeira de Oxum e Nanã, no Parque São Bartolomeu, lugar de tradição e culto das religiões afro-brasileiras. Hoje vivem na área de intervenção direta do projeto 34 mil famílias, em moradias precárias, perto de esgoto e de doenças, em terreno acidentado, com riscos de inundações e deslizamento de encostas. O rio será saneado, preservado e a área urbanizada. Serão construídas novas residências, escolas, posto de saúde, praças, parques e criadas condições para geração de oportunidades de emprego e renda.

Compartilhe
Previous Argentina manterá taxa de juros em 40% para evitar alta da inflação
Next 1º Encontro dos Vereadores do Sul e Sudoeste reúne políticos e nomes do Direito Público na Bahia

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Marco Aurélio Mello autoriza Aécio Neves a retomar mandato de senador

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello autorizou nesta sexta-feira (30/6) o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) a retomar seu mandato, acatando pedido dos advogados do tucano.

Notícias

“Neto entra para a história de Salvador com Hospital Municipal”, diz Pablo Barrozo

O deputado estadual Pablo Barrozo (DEM) parabenizou o prefeito ACM Neto por entregar nesta quarta-feira (4) o primeiro Hospital Municipal de Salvador, localizado em Boca da Mata, na região de

Cotidiano

Desemprego levará 2 anos para voltar à taxa de 2016

O Brasil ainda vai levar pelo menos dois anos para voltar a ter uma taxa de desemprego de um dígito, segundo estimam economistas. No trimestre encerrado em outubro, a desocupação