PSC não considera apoiar outro candidato ao Planalto, diz Pastor Everaldo

PSC não considera apoiar outro candidato ao Planalto, diz Pastor Everaldo

O presidente do PSC, Pastor Everaldo, afirmou que seu partido não considera apoiar outro candidato ao Palácio do Planalto e que qualquer discussão para uma composição levará em conta ideias alinhadas às do partido.

De acordo com ele, a ideia é seguir com a candidatura de Paulo Rabello de Castro até o final da disputa, a exemplo do que ele próprio fez na última corrida presidencial. “Ninguém me procurou. Em matéria de apoio, nós só receberemos. Iremos considerar pessoas que tenham ideias semelhantes às nossas. Assim como eu em 2014, Paulo Rabello vai até o final”, declarou.

O ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) figurou com 0,1% das intenções de voto na pesquisa da CNT/MDA divulgada na segunda-feira. “Isso é coisa de momento e ele não é tão conhecido ainda, daqui a pouco ele tá jantando todo mundo, a hora que a população passar a conhecer”, avaliou.

Compartilhe
Previous Partidos terão mais 90 dias para fazer prestação de contas de 2017
Next Temer defende pacto entre candidatos de centro a Presidente da República

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Senado instala CPI do BNDES

A Comissão Parlamentar de Inquérito do Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) foi instalada hoje (2) no Senado. Foram eleitos os senadores Davi Alcolumbre (DEM-AP) para presidente e

Economia

Adesões ao Novo Refis por MP que perdeu validade não serão afetadas

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) informou nesta segunda-feira (5/6) que as adesões ao Programa de Regularização Tributária (PRT), conhecido como Novo Refis, realizadas durante a vigência da Medida Provisória

Política

‘Ninguém pode falar em golpe e praticar o golpe’, diz Ciro sobre PT

O candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) chamou o movimento petista que garantiu a neutralidade do PSB nas eleições nacionais de “providência golpista”. “Ninguém pode falar em golpe e praticar