Operação apreende 183 quilos de produtos vencidos no centro de Salvador

Operação apreende 183 quilos de produtos vencidos no centro de Salvador

Em operação realizada na tarde desta quinta-feira(17), no Centro de Salvador, agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), apreenderam 183 quilos de produtos perecíveis e com data de validade vencida. Entre os itens, margarina, mortadela, queijo, presunto, leite, achocolatado, macarrão instantâneo, salgadinhos, biscoitos, entre outros.

Trata-se de uma operação padrão que visa coibir a comercialização de produtos perecíveis na rua sem a devida refrigeração – o que é proibido por lei – e com prazo de validade vencido, para evitar danos à saúde do consumidor. No total, 18 agentes de fiscalização e oito prepostos da GCM participaram da ação.

“Desde o início da atual gestão, as ações da Semop têm como objetivo principal o ordenamento e, por último, a apreensão. Nestes casos específicos, não aceitaremos esse tipo de comércio ilegal que prejudica a saúde da população. Dessa forma, intensificaremos as operações para combater a venda desses produtos nas ruas de Salvador”, afirmou o secretário de Ordem Pública, Marcus Passos,

Fiscalizacão – A fiscalização de ambulantes ocorre de maneira rotineira em diversos pontos da cidade, incluindo ações diárias no Centro, em operações conjuntas com a Vigilância Sanitária de Salvador (VISA) para a retirada de circulação desse tipo de alimento.

De acordo com o Art. 11 do Decreto 12.016/98, é proibida a venda desses produtos, inclusive a Semop não licencia comerciantes informais para esta finalidade. Ou seja, só é permitida a comercialização de produtos especificados no Alvará de Autorização, dentro dos padrões estabelecidos.

As punições pelo não cumprimento estão previstas no Art. 15 do referido decreto, como advertência com expedição de notificação preliminar; aplicação de multa; suspensão da atividade por até 30 dias, quando da reincidência ou cometimento de outra falta; apreensão do equipamento e mercadoria e cassação da autorização.

Compartilhe
Previous Temer defende pacto entre candidatos de centro a Presidente da República
Next Humildes terá casamento coletivo com 70 casais

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Comissão da Câmara concluiu votação que cria ‘distritão’ e fundo público

Uma das comissões especiais que debate a Reforma Política na Câmara encerrou na tarde desta terça-feira (15) o debate sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  que instituiu o

Cotidiano

Desigualdade no Brasil é o dobro da oficial

Ano a ano, pesquisas reforçam que o Brasil é um país desigual. Porém, um levantamento mostra que a concentração de renda é ainda mais alarmante do que as estatísticas oficias

Notícias

Salvador ganha primeiro jardim etnobotânico em local sagrado para o candomblé

Um sentimento de fé e preservação tomou conta do Parque em Rede Pedra de Xangô, localizado em Cajazeiras X, na manhã desta sexta-feira (08), durante a criação do primeiro jardim