Humildes terá casamento coletivo com 70 casais

Humildes terá casamento coletivo com 70 casais

Cerca de 70 casais trocam o “sim”, na tarde desta sexta-feira, 18, durante a maior solenidade de casamento coletivo da história do distrito de Humildes. A iniciativa é do Centro de Referência em Assistência Social Nadja Suely Freitas de Araújo (CRAS) em parceria com o Cartório de Registro Civil da comunidade, marcando o Mês das Noivas com a união conjugal através do programa Família Cidadã.

O evento também conta com apoio das agentes comunitárias e do Pólo das Associações do Distrito de Humildes. Será realizado a partir das 15h30, no Juca Eventos, na sede do distrito, próximo ao CRAS.

A previsão da coordenadora do CRAS de Humildes, Terezinha Alves Nascimento Macedo, é de que o evento reúna cerca de 500 pessoas, dentre nubentes, padrinhos, familiares e convidados dos noivos, que agora passam oficialmente para o rol dos casados.

Terezinha Nascimento ressalta ainda o empenho de todos para a promoção do casamento coletivo. “É a realização do sonho dos casais que estão inscritos no programa, que tem sua primeira edição este ano. E a oficialização do matrimônio, sem nenhum custo para os nubentes, representa a garantia de direitos”, frisou.

Compartilhe
Previous Operação apreende 183 quilos de produtos vencidos no centro de Salvador
Next Ibirataia: Jovem sofre tentativa de homicídio e policial é baleado em confronto com bandidos

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

PF põe fim a grupo de investigadores da Lava Jato em Curitiba

A Polícia Federal (PF) encerrou o núcleo de trabalho específico voltado para a Operação Lava Jato em Curitiba. Em nota, a direção-geral da PF confirmou que os investigadores passarão a

Notícias

Eunício chama colegas para discutir reforma política em jantar

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu parlamentares em um jantar na noite desta terça-feira (8/8), na residência oficial, na QL 12 do Lago Sul, para discutir a reforma

Cotidiano

Cesare Battisti é intimado a colocar tornozeleira eletrônica

O italiano Cesare Battisti – condenado à prisão perpétua em seu país sob acusação de terrorismo e quatro assassinatos nos anos 1970 – vai usar tornozeleira eletrônica. O monitoramento foi