MP vai investigar uso do Parque de Exposições pelo MST

MP vai investigar uso do Parque de Exposições pelo MST

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) acatou representação do vereador Alexandre Aleluia (DEM) e abriu inquérito para investigar o uso do Parque de Exposições pelo Movimento dos Sem Terra (MST). O MP-BA quer saber os motivos pelos quais o governo baiano cedeu o equipamento público para a realização do 29º Encontro Estadual do MST na Bahia, em janeiro de 2017. De acordo com o órgão, será apurada a legalidade do ato administrativo que autorizou a medida.

“O PT vinha rotineiramente se apropriando do que é público, do estado, para uso indevido de sua máquina política. Não mais. Seja na rua, seja no campo, seja nos equipamentos públicos do estado, nós vamos a partir de agora ficar em cima. Acionar a Justiça e o Ministério Público e ensinar que a Bahia não é propriedade de partido algum”, ressaltou Alexandre Aleluia.

O vereador também reforçou que encaminhou ofício ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e à Procuradoria Geral do Estado (PGE) solicitando apuração das condições da cessão. “O estado ainda não respondeu, mas tudo leva a crer que o espaço foi cedido ‘de graça‘, ou seja, na conta de todos nós baianos”, supõe Aleluia.

Compartilhe
Previous Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese
Next Prefeitura zera dívida antiga com Hospital Aristides Maltez

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Moro manda bloquear R$ 1,5 milhão de Vaccarezza

O juiz federal Sérgio Moro mandou nesta quarta-feira (20/09) o Banco Central bloquear “quaisquer bens ou valores titularizados” até R$ 1.522.700 do ex-deputado Cândido Vaccarezza (ex-PT/SP). A quantia é equivalente

Economia

Estimativa para salário mínimo em 2019 é de R$ 998

A estimativa para o salário mínimo em 2019, proposta em abril, foi reduzida de R$ 1.002 para R$ 998. A informação consta de nota técnica da Comissão Mista de Orçamento

Cotidiano

Congresso vota na quarta recursos para passaportes

Antes de assumir interinamente a cadeira de Michel Temer, que viajou para o exterior, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), convocou sessão conjunta do Congresso Nacional para quarta-feira destinada