Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese

Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira (16/4) o decreto que autoriza o trabalhador com deficiência usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de órteses e próteses. O texto será publicado na edição desta terça-feira (17) do Diário Oficial da União.

De acordo com o decreto, para a movimentação da conta vinculada do FGTS será considerado trabalhador com deficiência aquele que tem impedimento de natureza física ou sensorial que produza efeitos pelo prazo mínimo de dois anos e possa impedir sua participação plena e efetiva na sociedade em condições de igualdade com as demais pessoas.

O uso do FGTS para a compra de próteses e órteses deve respeitar o valor limite movimentado por operação e o intervalo mínimo de dois anos entre movimentações realizadas em decorrência da aquisição.
Para comprovar a deficiência, o trabalhador deve apresentar um laudo médico atestando essa condição, a espécie e o grau ou o nível da deficiência, além de prescrição médica que indique a necessidade de órtese ou prótese. Os documentos devem ser emitidos por profissional devidamente identificado por registro profissional.

Compartilhe
Previous Segunda Turma do STF julga nesta terça-feira o caso de Demóstenes Torres
Next MP vai investigar uso do Parque de Exposições pelo MST

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Magno Malta usa CPI para se cacifar como vice de Bolsonaro

Presidente de uma CPI no Congresso pela quarta vez, o senador Magno Malta (PR-ES) tem um desafio pela frente: conseguir adiar o fim da comissão no Senado que investiga maus-tratos

Política

Azi pede que Rui Costa atenda apelos dos prefeitos do interior para o envio de policiais

O deputado federal Paulo Azi (DEM) disse hoje (07) que o governador Rui Costa “tem feito um esforço enorme para aparecer na mídia” às custas da onda de violência que

Política

Marina Silva explica apoio a Aécio Neves em eleições de 2014

Em sua segunda viagem à capital mineira em menos de 10 dias, a pré-candidata da Rede Sustentabilidade ao Palácio do Planalto, Marina Silva, defendeu-se nesta quinta-feira (19/4), do apoio prestado