Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese

Decreto autoriza uso do FGTS para a compra de órtese e prótese

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira (16/4) o decreto que autoriza o trabalhador com deficiência usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de órteses e próteses. O texto será publicado na edição desta terça-feira (17) do Diário Oficial da União.

De acordo com o decreto, para a movimentação da conta vinculada do FGTS será considerado trabalhador com deficiência aquele que tem impedimento de natureza física ou sensorial que produza efeitos pelo prazo mínimo de dois anos e possa impedir sua participação plena e efetiva na sociedade em condições de igualdade com as demais pessoas.

O uso do FGTS para a compra de próteses e órteses deve respeitar o valor limite movimentado por operação e o intervalo mínimo de dois anos entre movimentações realizadas em decorrência da aquisição.
Para comprovar a deficiência, o trabalhador deve apresentar um laudo médico atestando essa condição, a espécie e o grau ou o nível da deficiência, além de prescrição médica que indique a necessidade de órtese ou prótese. Os documentos devem ser emitidos por profissional devidamente identificado por registro profissional.

Compartilhe
Previous Segunda Turma do STF julga nesta terça-feira o caso de Demóstenes Torres
Next MP vai investigar uso do Parque de Exposições pelo MST

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Eunício diz que vai destrancar pauta do Senado

O plenário do Senado aprovou a Medida Provisória (MP) 842, que amplia o prazo para renegociação de dívidas rurais. Era o primeiro item da pauta de votações desta terça-feira, 16.

Cotidiano

Desembargador diz que decisão de Moro é ‘intolerável’

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região afirmou, por meio de nota, neste sábado, 28, que o juiz federal Sérgio Moro ‘instou às autoridades públicas’ a ‘descumprir ordem

Notícias

Morro ameaça desabar em rodovia que liga Jequié a Gandu

Imagens de um morro cedendo e avançando em um trecho da BA-547 têm causado séria preocupação, principalmente, aos usuários da estrada que liga Jequié ao distrito de Florestal. As imagens