Camaçari: Após chegada da UFBA, Elinaldo promete transformar cidade em polo universitário; ASSISTA

Camaçari: Após chegada da UFBA, Elinaldo promete transformar cidade em polo universitário; ASSISTA

O prefeito Antônio Elinaldo(DEM),  comentou nesta terça-feira(27), sobre a chegada da UFBA, em Camaçari e prometeu trabalhar para transformar a cidade no pólo universitário.

“Tenho dito que tivermos vários momentos importante em nossa economia”. Primeiro foi a implantação do Poló Petroquímico, nos anos 70 e 80. Nos anos 90 e 2000 a implantação da Ford. No ano passado a implantação do Cimatec e hoje com a implantação da UFBA. Tenho certeza que a partir daqui vamos trabalhar para que Camaçari se transforme no polo universitário e facilite a vida dos nossos universitários.

Elinaldo disse ser contra transportar os universitários para estudar fora da cidade de Camaçari e prometeu trabalhar para que os alunos possam trabalhar e estudar em Camaçari, sem a necessidade de se deslocar para outro município.

ASSISTA

Compartilhe
Previous Salvador: Câmara aprova isenção da Taxa de Vigilância Sanitária para MEI
Next Após ameaças, STF reforça escolta pessoal de relator da Lava Jato

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias 0 comentários

Procon alerta consumidores sobre práticas abusivas em casas noturnas

Algumas casas noturnas, restaurantes e bares costumam cobrar multa nos casos de perda ou extravio de comandas. O que muitos consumidores não sabem é que essa prática é considerada abusiva,

Notícias

Câmara vota nesta segunda decreto da intervenção federal no Rio

O plenário da Câmara dos Deputados vota hoje (19) o decreto de intervenção na segurança do Rio de Janeiro anunciado na última sexta-feira pelo governo federal. Uma sessão deliberativa extraordinária

Notícias

Com milhões de pessoas afetadas, França vive segundo dia de greve nos trens

A França vive, nesta quarta-feira (4), seu segundo dia consecutivo de greve nas ferrovias, novamente com poucos trens em serviço e os consequentes problemas de transporte para milhões de pessoas,