‘Tribuno à obra de Ederaldo Gentil é justo’, diz Luiza Maia

‘Tribuno à obra de Ederaldo Gentil é justo’, diz Luiza Maia

“O tributo ao sambista Ederaldo Gentil é justo e necessário. Uma reparação à esse mestre do samba baiano”. A afirmação é da deputada Luiza Maia (PT), autora do Projeto de Lei 19.848 /2012 que institui o Prêmio ‘Ederaldo Gentil de Valorização da Música Baiana’. A proposição já obteve parecer favorável da CCJ e aguarda entrar na pauta de votação do Legislativo estadual.

A deputada elogiou o projeto que resgata o acervo musical de Gentil, protagonizado pelo produtor Luisão Pereira, sobrinho do sambista. Nesta terça-feira (20), o TCA será palco de um show com a obra do músico baiano, com participações da banda BaianaSystem, do cantor Zé Manoel e das cantoras Larissa Luz e Josyara.

“A ideia de apresentar este projeto na Assembleia Legislativa foi uma parceria com professor Jaime Sodré e tem a intenção de premiar as dez melhores músicas produzidas na Bahia. É também uma forma de homenagear um dos maiores ícones da MPB”, afirmou a parlamentar.

De acordo com a proposta, a Secretaria de Cultura ficaria com a gestão do prêmio e criação dos critérios de avaliação e escolha das músicas, anualmente.

Dentre o legado imortal de Ederaldo Gentil deixado ao samba baiano destaca-se: “Triste Samba” e “Ouro e Madeira” (1975) – “Samba”, “Canto Livre de um Povo” (1975), e “pequenino” (1976), – “Identidade” (1983), coletânea “Ederaldo Gentil” (1989) e “A Voz do Poeta” (2000).

Compartilhe
Previous Eunápolis: Prosegur diz que não indenizará moradores prejudicados por explosão de sede
Next Ibametro inaugura novas instalações em Simões Filho

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Toffoli suspende julgamento sobre restrição do foro privilegiado

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vista no julgamento que analisa a restrição do foro privilegiado de deputados e senadores. O pedido de vista significa que

Política

“Votos de Barbosa virão para mim”, diz Bolsonaro em entrevista; ASSISTA

Em entrevista ao programa CB.Poder, do jornal Correio Braziliense, nesta quarta-feira (9/5), o deputado federal e pré-candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse crer que vai herdar

Notícias

Permitir revisão do acordo terá consequência em vários outros, diz Janot

No julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as diretrizes para a atuação do juiz na homologação de um acordo de delação premiada, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se