Presidente da Fifa confirma árbitro de vídeo na Copa do Mundo de 2018

Presidente da Fifa confirma árbitro de vídeo na Copa do Mundo de 2018

A Fifa confirmou nesta sexta-feira (16/3) o uso da tecnologia do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) na Copa do Mundo da Rússia. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Gianni Infantino, em entrevista coletiva em Bogotá, na Colômbia.

“Estamos muito contentes com essa decisão. É histórica”, disse. “Não foi uma decisão tomada da noite para o dia. Estamos estudando isso nos últimos dois anos. Talvez tenha sido o mais cético no início. Mas fizemos muitas experiências que funcionaram”, prosseguiu.

No VAR, quatro árbitros assistem ao jogo em uma sala, com diversos monitores, sem acesso ao gramado. Ao detectar um erro claro, eles avisam o árbitro da partida. Infantino garante que as paralisações serão rápidas.
“Após fazer a análise de mil jogos, a perda de tempo em média é de um minuto com o VAR. Em relação aos laterais cobrados, a cada jogo, se perde sete minutos. Então são muitos os aspectos positivos”, informou.

A Fifa, junto com a International Board, já haviam decidido desde o último dia 3 que o árbitro de vídeo começaria a ser usado no futebol. Na ocasião, só não haviam confirmado o uso na Copa do Mundo pois faltava ser aprovado em reunião pelo conselho da entidade.

A decisão sobre o vídeo não vem sem polêmicas. A Uefa insiste que a implementação é prematura e que, por enquanto, não a usará na Liga dos Campeões. O ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, também criticou a decisão, alegando que ela tinha o potencial de “desvirtuar” o futebol.

Infantino tentou utilizar dos testes realizados para comprovar a eficiência do vídeo. “Tiveram situações contundentes. Sem o VAR, o árbitro comete um erro importante a cada três jogos. Com o VAR, o árbitro comete um erro a cada 19 jogos. Isso é um fato. A porcentagem de acerto sem o VAR é de 93%, com o VAR é de 99%”, revelou.

Há um temor ainda de que a introdução da tecnologia possa criar um esporte em duas camadas: uma para aqueles países e ligas mais ricas e outro para quem não teria a capacidade de bancar a tecnologia.

A Copa do Brasil será a primeira competição a testar a tecnologia no País. O VAR estará presente nos jogos a partir das quartas de final.

Compartilhe
Previous ABSURDO! Homem estupra, agride e mata mulher porque ela se negou a fazer sexo
Next Em artigo, Marielle apontou solução para crise na segurança no Rio

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Entretenimento

Cantor sertanejo é morto durante tentativa de assalto

O cantor sertanejo Mário Rodrigo Santos Sobral, mais conhecido como ‘Rodrigo Souza’, de 35 anos, foi morto a tiros na noite do sábado (24), no bairro Clima Bom, em Maceió.

Notícias

Trump demite diretor do FBI, James Comey

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu o diretor do Escritório Federal de Investigação (FBI, na sigla em inglês), James Comey, nesta terça-feira (9/5). Em um comunicado divulgado há

Entretenimento

Fabíola Mansur destina emenda parlamentar para Bloco Apaxes do Tororó desfilar no Carnaval de Salvador

A deputada Fabíola Mansur(PSB), através de emenda parlamentar destinou R$50 mil reais para o Apache do Tororó pudesse desfilar no carnaval de Salvador deste ano. A iniciativa ocorreu após o