Avião cai e mata 8 amigas após despedida de solteiro

Avião cai e mata 8 amigas após despedida de solteiro

Um avião privado turco caiu na província de Chahar Mahaal e Bakhtiari, no sudoeste do Irã, neste domingo (11/3) e matou oito amigas que tinham participado de uma despedida de solteira.

A aeronave levava 11 pessoas, sendo oito passageiros e três tripulantes, e se chocou contra uma montanha após ter pegado fogo.

As amigas viajavam no Bombardier Challenger 604 para comemorar a despedida de solteira de Mina Basaran, filha do proprietário da empresa do setor energético Basaran Holding, de 28 anos, cujo casamento estava marcado para o próximo mês.
Segundo um porta-voz da agência de aviação civil do país persa, o jato partira de Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos, e tinha Istambul como destino.

As autoridades iranianas confirmaram que todas as pessoas a bordo morreram, mas as equipes de socorro não conseguiram chegar aos destroços.

Há 20 dias, um avião comercial da companhia Aseman já havia caído em outra zona montanhosa do Irã, matando 65 pessoas.

Compartilhe
Previous Acusado na Lava Jato, ex-presidente do BTG volta a ter cargo no banco
Next MP libera R$ 190 milhões para venezuelanos refugiados no Brasil

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Haddad e Alvaro Dias trocam ataques ao falar sobre ‘família’ em debate

Uma pergunta feita por Fernando Haddad (PT) sobre família abriu espaço para que o petista fosse duramente atacado pelo candidato à Presidência Alvaro Dias (Podemos) no debate realizado por emissoras

Política

Bacelar diz que Lei de Responsabilidade Educacional não foi criada para punir

Para desmistificar a Lei de Responsabilidade Educacional, o relator do projeto, deputado federal Bacelar (Podemos-BA), retomou o debate sobre o tema na Câmara, nesta quarta-feira (16). O parlamentar apresentou aos

Notícias

Janot pede mais 60 dias de investigação em inquérito contra José Dirceu e filho

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu mais 60 dias para a conclusão das investigações de um inquérito instaurado contra o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o deputado