Joesley entrega passaporte

Joesley entrega passaporte

O empresário Joesley Batista, da JBS, entregou seu passaporte à Justiça Federal, em São Paulo, nesta segunda-feira, 12, e também assinou um termo de comparecimento semanal. As medidas foram ordenadas pela 12ª Vara Federal, de Brasília, que mandou soltar o executivo.

Joesley foi solto na noite de sexta-feira, 9, após seis meses preso na Superintendência da Polícia Federal, na capital paulista. O executivo foi preso em setembro do ano passado.

O empresário tinha contra si dois mandados de prisão. O primeiro, no âmbito de uma investigação sobre insider trading, já havia sido revogado em fevereiro pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A segunda ordem de prisão havia sido expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ele ter supostamente omitido informações de sua delação premiada na Procuradoria-Geral da República.

Este mandado foi enviado à 12ª Vara Federal por ordem do ministro Edson Fachin. Joesley deverá colocar tornozeleira eletrônica por decisão do STJ. O irmão de Joesley, o empresário Wesley Batista, foi solto em 21 de fevereiro.

Wesley tinha contra si apenas um mandado de prisão no âmbito da investigação de insider trading. O executivo deixou a prisão, mas não colocou tornozeleira eletrônica, pois a Justiça Federal de São Paulo não tem o equipamento.

Compartilhe
Previous Barroso confirma suspensão de indulto para crimes de corrupção
Next Polêmico, novo cadastro positivo será votado na Câmara em 30 dias

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Rui lança edital de R$ 5 milhões para promoção do artesanato baiano

Os produtores de artesanato na Bahia ganharam um importante incentivo do Governo do Estado na tarde desta terça-feira (9). Em evento que reuniu artesãos de mais de 20 municípios, no

Economia

Número de famílias endividadas subiu para 62,2% em novembro, diz CNC

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) captou a quinta alta consecutiva do porcentual de famílias endividadas, de 62,2%, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência

Política

Oposição quer que denúncia contra Temer seja votada no plenário em um domingo

Líderes da oposição protocolaram nesta quinta-feira (6) requerimento para que a votação da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer no plenário da Câmara dos Deputados ocorra em um