Camaçari: Público aprova primeiro dia no palco principal

Camaçari: Público aprova primeiro dia no palco principal

A festa começou no Palco Arena Paz e Amor e o público que presenciou as grandes atrações gostou não apenas da música, mas da estrutura montada pela Prefeitura de Camaçari.

Foi o que disse Jéssica Vieira, que veio visitar a tia e aproveitou para curtir a festa. “Tá ótima! Vim aqui pra assistir Psirico e aproveitar os blocos. Gostei e não vi nenhuma confusão”, falou.

A estudante e moradora de Arembepe, Lívia Modesto, elogiou a organização do Palco e de toda a festa. “A segurança e a estrutura estão muito boas, bem montadaS. Nos anos passados tinha menos gente, mas tinha confusão. Hoje está tranquilo”, comentou.

Moradora da Sede, Tânia Domingas veio curtir o som de Denny Denan e gostou do que viu. “A festa está muito bem organizada. O policiamento, o tráfego. Está muito tranquilo”, elogiou.

O Palco Arena Paz e Amor segue com grandes atrações no domingo (12). A primeira banda a subir o palco é a SDL, seguido de Chiclete com Banana e Adriano Reys. Harmonia do Samba também estará presente com seu pagode, e quem fecha a noite de paz, amor e alegria é Edson Gomes.

Compartilhe
Previous Gleisi: Sociedade toda está olhando para o Supremo, não só Lula
Next Sergio Moro marca data para leilão público de triplex de Lula

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Luiz Fux diz que decisão do STF sobre afastamento de Aécio deve prevalecer

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux afirmou hoje (2) que “por força da Constituição, o único poder que pode proferir decisões finais é o Poder Judiciário”, em

Municípios

Criança de nove anos morre atropelada por carro em Porto Seguro

Um acidente na noite desta terça-feira (10) deixou comovida a comunidade do bairro Parque Ecológico, na cidade de Porto Seguro. O jovem Pedro Henrique Gonçalves Santana, de nove anos, morreu

Notícias

Entra em vigor a partir de hoje suspensão de 31 planos de saúde; confira lista

A partir desta sexta-feira (8), 12 operadoras de saúde suplementar estão proibidas de comercializar 31 planos de saúde. A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), com