A 100 dias da Copa do Mundo da Rússia, Fifa lança vídeo promocional

A 100 dias da Copa do Mundo da Rússia, Fifa lança vídeo promocional

Faltam exatamente 100 dias para começar a Copa do Mundo da Rússia. Já em clima de contagem regressiva, a Fifa publicou um vídeo promocional com diversas personalidades do mundo da bola fazendo embaixadinhas.

A peça audiovisual começa com os dizeres: “Algumas pessoas simplesmente não conseguem esperar pelo maior show da Terra”. Entre os célebres participantes da brincadeira, estão o brasileiro Ronaldo, o argentino Maradona, o inglês Rooney e o espanhol Puyol, entre vários outros importantes ex-jogadores. Até o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez parte da ação, batendo bola – meio sem jeito, é verdade – com o atual presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Veja o vídeo aqui.

A 21ª edição da Copa do Mundo começa no dia 14 de junho, às 18h, no Estádio Luzhniki, com o país-sede, Rússia, estreando contra a Arábia Saudita.

O Brasil estreia no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov-on-Don. O jogo tem início às 15h.

Compartilhe
Previous Ao lado de deputados da 'bancada BBB', Bolsonaro se filia ao PSL nesta quarta
Next Petrobras anuncia quedas de 1,5% no preço da gasolina e 0,6% no diesel

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Coronel é incisivo com TCM ao cobrar flexibilização no julgamento de contas

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Angelo Coronel (PSD), foi incisivo, na tarde desta segunda-feira 27, ao voltar a cobrar do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) uma

Cotidiano

PF vai criar grupo de combate às ‘fake news’ nas eleições

A direção-geral da Polícia Federal vai instalar nos próximos dias em Brasília um grupo de trabalho em conjunto com outros órgãos federais para discutir meios de coibir as “fake news”

Política

Por ordem de Moro, Banco Central bloqueia R$ 606 mil de Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve R$ 606 mil bloqueados pelo Banco Central nesta terça-feira (18/7), por ordem do juiz federal Sérgio Moro na Operação Lava Jato.