Concurso da Câmara transcorre com tranquilidade neste domingo

Concurso da Câmara transcorre com tranquilidade neste domingo

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), visitou os locais de realização das provas do concurso público para a contratação de novos servidores. Logo cedo, na manhã deste domingo (25), ele esteve no Colégio 2 de Julho, no Garcia. “Nossa expectativa é que os 60 melhores sejam aprovados”, disse, observando que tudo estava transcorrendo com tranquilidade.

Organizado pela Fundação Getúlio Vargas, o concurso público da Câmara contou com a inscrição de 48 mil candidatos, que disputam 60 vagas, sendo 34 de nível superior e 26 de nível médio. As provas estão sendo realizadas neste domingo (25) em dois turnos: matutino para o nível superior e o vespertino para o nível médio.

A pedido de Leo Prates, o transporte público na cidade foi reforçado para facilitar o deslocamento dos candidatos aos locais das provas. A Polícia Federal foi acionada e está alerta para coibir possíveis fraudadores e grupos de venda de gabarito. O vereador Kiki Bispo (PTB) acompanhou o presidente nas visitas.

Compartilhe
Previous Por mais tempo na TV, pré-candidatos à presidência correm para fechar alianças
Next Geraldo Alckmin, à Band: "Estamos preparados para enfrentar o PT"

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Líder do Podemos no Senado sinaliza apoio a novo projeto de fundo eleitoral

O líder do Podemos no Senado, Álvaro Dias (PR), sinalizou ser favorável à proposta do que cria um fundo eleitoral com base nos recursos que o governo repassa a emissoras

Notícias

Trabalhadores dos Correios aceitam proposta do TST e encerram greve

Em assembleias realizadas nesta sexta-feira (6/10), em todo o País, os trabalhadores dos Correios aceitaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST)

Notícias

EI pede ataques nos EUA e cita facilidade para obter armas

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) lançou nesta quarta-feira (27/12) mais um apelo instando jihadistas a realizarem atentados nos Estados Unidos, “se aproveitando da facilidade para obter pistolas e fuzis”