IPTU de Lauro de Freitas pode ser pago com desconto até 5 de março

IPTU de Lauro de Freitas pode ser pago com desconto até 5 de março

A Prefeitura de Lauro de Freitas prorrogou até o dia 5 de março o prazo para pagamento da cota única e da 1ª cota do IPTU-Imposto Predial e Territorial Urbano com desconto de 10%. Para quem efetuou o pagamento da cota única depois de 16 janeiro sem o desconto pode solicitar a restituição do valor referente aos 10%.

Estão cadastrados no munícipio cerca de 100 mil imóveis dos quais 4 mil são isentos do pagamento do IPTU. A SEFAZ-Secretaria da Fazenda de Lauro de Freitas entregou, em 2018, mais de 90 mil carnês. Para quem não recebeu o boleto de pagamento, a emissão pode ser feita nas unidades do Banco de Serviços do município localizados na Praça da Matriz, Centro, ou no edifício Torres Bussines Center, rua ao lado do Hospital Menandro de Faria. O atendimento é de 8h às 14h.

O contribuinte também pode emitir uma 2ª via do boleto através do site da Prefeitura www.laurodefreitas.ba.gov.br. O pagamento pode ser realizado nas Casas Lotéricas ou nos bancos credenciado – Caixa Econômica e Banco do Brasil.

Compartilhe
Previous Regra de Ouro: Maia defende crédito suplementar no Orçamento 2019
Next Itagibá: Justiça bloqueia bens do ex-prefeito Marquinhos por contratação de show de Paula Fernandes; entenda o caso

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Paulo Azi diz que Rui Costa elegeu o funcionalismo público como inimigo número 1; ASSISTA

Durante cerimônia de diplomação realizada nesta segunda-feira(17), pelo TRE-BA, no Teatro Castro Alves, em Salvador, o deputado federal Paulo Azi(DEM), teceu duras críticas ao governador Rui Costa(PT). Segundo Azi o governador

Notícias

Lula segue liderando intenções de voto com 33,4% diz CNT/MDA; Bolsonaro tem 16,8%

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira, 6, mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue liderando as intenções de voto, mesmo com a possibilidade de ser impedido pela Justiça

Notícias

Janot denuncia Lobão, Jader, Renan, Jucá, Raupp e Sarney por ‘quadrilhão do PMDB’

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sete membros do PMDB por integrarem organização criminosa que desviou recursos públicos e obteve vantagens indevidas, sobretudo no