Secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti se filia ao PSD

Secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti se filia ao PSD

O PSD Bahia ganhou mais um reforço, nesta sexta-feira (16), com a filiação do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti. O ato de filiação aconteceu na sede estadual do partido, em Salvador. O presidente do PSD Bahia, senador Otto Alencar, participou.

“Tenho uma grande admiração por Marcus Cavalcanti.  Ele é um ótimo secretário e, além disso, temos uma relação familiar.  A minha vida pública foi iniciada a convite do pai dele, que foi um grande amigo meu, o ex-prefeito de Alagoinhas, ex-deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Murilo Cavalcanti, um dos maiores oradores políticos que conheci.  É uma alegria muito grande filiar Marcus no PSD”, disse o senador ao assinar a filiação do secretário.

“É uma honra fazer parte de um partido que tem como presidente a maior liderança do Estado da Bahia e uma das maiores lideranças do Brasil, o senador Otto Alencar. Os partidos são formados por homens e um partido que tem Otto Alencar é um partido diferenciado”, afirmou Marcus Cavalcanti.

Compartilhe
Previous Direita não tem candidato e intervenção no RJ é desnecessária, afirma Galo
Next Gleisi pagava IPVA e conta de luz com dinheiro público, diz delator

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

‘Tornamos prisões provisórias de doutor Moro em definitivas’, diz Gilmar Mendes

Durante o julgamento do habeas corpus do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Gilmar Mendes voltou a criticar a duração das prisões provisórias, e

Notícias

Marina critica clima de “plebiscito entre a cruz e a espada”

A candidata à Presidência da República, Marina Silva (Rede), criticou o tom de violência usado por concorrentes durante a campanha. Para ela, o País precisa de união. “Nós queremos um

Economia

Arrecadação com Refis soma R$ 39,353 bilhões em 2017

O crescimento da arrecadação federal em 2017 foi alcançado com a ajuda dos parcelamentos de tributos oferecidos a devedores, conhecidos como Refis. No ano passado, a Receita Federal arrecadou R$