TSE manda arquivar ação do PT contra Luciano Huck, Faustão e Globo

TSE manda arquivar ação do PT contra Luciano Huck, Faustão e Globo

O ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mandou arquivar nesta quinta-feira (15/2) uma ação movida pelo PT contra a Rede Globo e os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva.

Para o partido, houve campanha eleitoral antecipada durante a participação de Huck no programa “Domingão do Faustão”, que foi ao ar em 7 de janeiro.

O ministro, no entanto, entendeu que, como Huck já afirmou publicamente e reiterou à Justiça Eleitoral que não será candidato à Presidência da República, “inexiste qualquer elemento minimamente confiável que possa lastrear o pedido apresentado”.

“O Poder Judiciário analisa fatos e direitos postos nos autos, cuja veracidade, neste caso, é a de que o Representado Luciano Grostein Huck não é candidato no pleito de 2018, como ele afirma e reitera na sua defesa, integrada neste processo, perante esta Corregedoria Eleitoral”, diz a decisão.

O ministro também afirmou que os dois autores da ação, o deputado Paulo Pimenta (RS) e o senador Lindbergh Farias (RJ), “carecem de legitimidade ativa” para propor a ação, pois a legislação eleitoral determina que esse tipo de representação deve ser feita por “partido político, coligação, candidato ou Ministério Público Eleitoral”.

Compartilhe
Previous Debate sobre reforma da Previdência na Câmara começa na terça-feira, diz Marun
Next CUT planeja série de atos contra a reforma da Previdência na segunda; confira Estados

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Salvador inicia processo de georreferenciamento de árvores

Quem passa pela Avenida ACM já nota algo de diferente na paisagem. Através de uma ação da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação (Secis), 30 novas

Notícias

“Não podemos fazer reforma política corporativa”, afirma Eunício

Com a discussão sobre financiamento empresarial ganhando força, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou nesta quinta-feira (24/8) que é favorável ao financiamento das eleições do ano que vem

Notícias

STF adia decisão sobre pedido de prisão e afastamento de Aécio Neves

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, decidiu nesta terça-feira suspender a análise dos pedidos de prisão e retorno às atividades parlamentares do senador afastado Aécio Neves