Casagrande: ‘Neymar é mimado. Estamos criando um monstro’

Casagrande: ‘Neymar é mimado. Estamos criando um monstro’

O ex-jogador Walter Casagrande foi bastante crítico ao analisar o comportamento e a atuação de Neymar após na derrota do PSG por 3 a 1 para o Real Madrid, pela Liga dos Campeões. O comentarista da Rede Globo afirmou nesta quinta-feira que o principal jogador do país é “mimado” e que torcedores e imprensa estão ajudando a “criar um monstro” – repetindo frase usada pelo técnico Renê Simôes, em 2010, quando Neymar tinha apenas 18 anos.

Participando do programa Redação SporTV, Casagrande disse que Neymar precisa buscar entrosamento com os colegas. “O futebol é coletivo. Os times não têm que procurar um cara que tenha o perfil do Neymar. O Neymar é que tem que ter o perfil do time. É assim que funciona um time de futebol”, disse, citando que até Pelé tinha de se adaptar ao grande time do Santos da década de 60.

“O Neymar ainda não tem a genialidade, o tamanho de um Maradona, de um Messi, de um Cristiano Ronaldo, para que a equipe possa fica esperando ele resolver um jogo. Não é assim. Os brasileiros se iludem com isso. Me incomoda a maioria dos torcedores brasileiros e da imprensa passarem a mão na cabeça do Neymar. Ele já demonstrou diversas vezes comportamentos fora do coletivo, mimado, colocando até em risco a equipe”, continuou o ex-jogador.

Casagrande lembrou que Neymar levou mais um cartão amarelo, nos primeiros minutos do jogo em Madri, e correu risco de ser expulso. “Estamos criando um monstro, ao invés de corrigi-lo para ele virar gênio. Não estamos colaborando com o Neymar. Muita gente acha que eu pego no pé, mas estou tentando corrigi-lo”, completou Casagrande.

Compartilhe
Previous Cyril Ramaphosa é eleito novo presidente da África do Sul
Next Presidente Angelo Coronel elogia atuação das polícias Civil e Militar no Carnaval de Salvador

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

Governo quer deixar MP do Refis caducar

Após nove meses de negociação em torno da medida provisória que cria o programa de parcelamento de débitos tributários, o novo Refis, o governo quer mesmo é que a MP

Mundo

Após 35 anos, Arábia Saudita reabrirá salas de cinema

Após 35 anos, a Arábia Saudita reabrirá suas salas de cinema a partir do ano que vem. O governo aprovou nesta segunda-feira (11/12) uma resolução para concessões de licenças a

Notícias

Maduro ignora pressão internacional e mantém Constituinte

À medida que crescem as críticas da comunidade internacional contra a Venezuela, o presidente Nicolás Maduro, eleva o tom contra opositores dentro e fora do país. Em um discurso no